Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Microsoft implementa sistema de «e-Government» na Áustria; aposta na administração virtual

A Microsoft, no âmbito da nova plataforma .NET, implementou um projecto piloto de «e-Government» na Áustria, com o objectivo de simplificar e acelerar a reforma da Administração Pública naquele país ao interligar dados, «software» e cidadãos.

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 26 de Setembro de 2002 às 10:08
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Microsoft, no âmbito da nova plataforma .NET, implementou um projecto piloto de «e-Government» na Áustria, com o objectivo de simplificar e acelerar a reforma da Administração Pública naquele país, tornando-a virtual, ao interligar dados, «software» e cidadãos.

A Microsoft tornou-se um parceiro estratégico das autoridades públicas na Áustria, no que diz respeito à administração virtual, anunciou o presidente executivo da empresa, Steve Ballmer, durante a apresentação sobre as potencialidades da Microsoft na região da Europa, Médio Oriente e África (EMEA).

O presidente executivo da Microsoft disse, em conferência de imprensa, que «nós vamos fazer grandes investimentos (nesta área) apesar dos tempos difíceis» que o mercado está a atravessar.

Este projecto irá incluir, posteriormente, o lançamento de um cartão de identificação para estudantes universitários, denominado e-Grant, sendo que os primeiros a utilizar este novo produto serão os alunos da Universidade de Linz. Este lançamento está previsto para Setembro de 2003.

O e-Grant irá ser desenvolvido em parceria com o Study Grant Authority do ministério da Educação, Ciência e Cultura da Áustria.

A Microsoft irá criar uma plataforma «online», onde aproximadamente 30 universidades terão a possibilidade de gerir as suas aplicações na Internet através de um cartão de identificação.

O responsável da Microsoft afirmou que a empresa de «software» «tem tentado trabalhar com diferentes Governos» de vários países, não avançando mais detalhes sobre futuras negociações nesta área.

«Nós estamos em constantes negociações» com os diferentes Executivos na região da EMEA, segundo a mesma fonte, afirmando ainda que «o e-Government vai ser um grande acontecimento».

O general manager .NET para a EMEA, Wilfried Grommen, disse aos jornalistas que esta plataforma «é uma oportunidade para parceiros e clientes», salientando que «nós estamos comprometidos em fazer do .NET uma realidade».

Esta plataforma possibilita um rápido retorno do investimento, a melhor implementação de serviços de Internet e a melhor plataforma destinada a parceiros, segundo a mesma fonte.

Outras Notícias