Tecnologias Netflix alarga serviço a mais 130 países

Netflix alarga serviço a mais 130 países

Em 2016 o Neflix vai ter mais de 600 horas com novos conteúdos exclusivos e vai chegar a mais 130 países, anunciou o CEO da empresa durante a feira-rainha da tecnologia que arrancou esta quarta-feira, 6 de Janeiro, em Las Vegas.
A carregar o vídeo ...
Sara Ribeiro 06 de janeiro de 2016 às 19:29

O serviço de video-on-demand Netflix vai estar disponível em mais 130 países a partir deste ano. O anúncio foi feito pelo presidente-executivo da empresa, Reed Hastings, esta quarta-feira durante o Consumer Electronics Show, a maior feira de electrónica de consumo do mundo que se realiza todos os anos em Las Vegas, nos EUA.

Vietname, Índia, Rússia, Polónia, Turquia, Coreia do Sul, Arábia Saudita, Singapura ou Indonésia são alguns dos novos países que vão contar com o serviço da empresa norte-americana já este ano, juntando-se assim aos cerca de 60 mercados onde o Netflix já estava presente. Em Portugal, o Netflix marca preseça deste Outubro de 2015.

"Enquanto estávamos aqui no palco do CES lançamos o Netflix em mais 130 países", disse o CEO na abertura do maior evento de tecnologia que decorre até sábado. "Estamos praticamente em quase em todo o mundo, menos na China, onde esperamos estar no futuro", acrescentou.

O Netflix também não está presente na Crimeia, Coreia do Norte e Síria, devido a restrições impostas pelo governo dos EUA para esses países. 


O serviço, que vai passar a estar presente em 190 mercados, vai estar disponível em inglês na maior parte dos novos países. Mas a Netflix adicionou árabe, coreano e chinês aos 17 idiomas que já disponibiliza.


O Netflix aproveitou o palco do CES para apresentar as novidades que tinha guardado para o arranque do novo ano. De acordo com Ted Sarandos, "chief content officer" (administrador para os conteúdos), em 2016 os subscritores do serviço vão contar com mais de 600 horas de novos conteúdos exclusivos.

Uma nova temporada de "Orange is The New Black", a estreia de novas séries como "The Get Down" ou "The Crown", sobre a rainha de Inglaterra, são algumas das muitas novidades do Netflix.

Além disso, continuam em conversações com produtores e realizadores em vários dos países onde estão presentes para desenvolver novos conteúdos originais locais, à semelhança da série "Narcos". Aliás, o protagonista da série, o brasileiro Wagner Moura, foi um dos convidados para participar na conferência do Netflix no CES. Krysten Ritler, estrela da série Marvel's Jessica Jones, foi outra das convidadas.

A cidade de Las Vegas reabriu as portas à tecnologia esta quarta-feira, mas desde segunda-feira que várias tecnológicas têm desvendado as suas novidades aos jornalistas.

Os mais de 170 mil visitantes do evento vão ser surpreendidos pela presença de drones, robôs e de soluções tecnológicas que conseguem reproduzir sentidos de seres humanos (inteligência artificial), categorias que têm dominado a edição deste ano do evento.

A categoria de robôs vai ocupar mais 71% do espaço da feira face ao ano anterior. No total, os expositores estão espalhados por 220 mil metros quadrados, um número superior a 2015 e equivalente a mais de 35 campos de futebol.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI