Tecnologias Novabase mantém lucros nos 4,7 milhões e entrega tudo aos acionistas

Novabase mantém lucros nos 4,7 milhões e entrega tudo aos acionistas

A tecnológica vai pagar 4,7 milhões de euros aos acionistas, o que representa quase todos os lucros obtidos no ano passado.
Novabase mantém lucros nos 4,7 milhões e entrega tudo aos acionistas
DR
Nuno Carregueiro 14 de fevereiro de 2019 às 16:57

A Novabase fechou o exercício de 2018 com um resultado líquido de 4,737 milhões de euros, em linha com o registado em 2017 (4,774 milhões de euros).

O volume de negócios aumentou 6% para 148,7 milhões de euros, acima da meta da empresa, que se situava nos 140 milhões de euros. O negócio internacional pesa 54% neste total, tal como no exercício de 2017, atingindo 80,9 milhões de euros (75,5 milhões de euros em 2017).

O EBITDA baixou 6% para 10,3 milhões de euros, também acima do objetivo de 8 milhões de euros. A tecnológica refere contudo que "expurgando os efeitos positivos da introdução da IFRS 15", os resultados de 2018 ficaram 2% acima do previsto no que diz respeito ao volume de negócios e EBITDA.

Em comunicado a empresa salienta que "o ano foi marcado por um segundo semestre em que se observou uma aceleração da atividade, e uma recuperação em termos de rentabilidade, a qual tinha sido penalizada nos primeiros meses do ano devido às dificuldades operacionais circunscritas a um projeto internacional na área de BS".

João Nuno Bento, CEO da tecnológica, assinala que "os resultados de 2018 ficaram acima das nossas estimativas" e que a empresa "continua a deter um balanço muito robusto, que permite manter em aberto várias opções estratégicas".   

O CEO acrescenta que a comissão executiva da Novabase, em conjunto com o conselho de administração, "está neste momento a concretizar uma reflexão estratégica profunda sobre o futuro da empresa, que oportunamente será objeto de comunicação ao mercado". Nada mais é referido sobre este assunto no comunicado.

Dividendo de 15 cêntimos

Em comunicado, a tecnológica anuncia que pretende propor na assembleia geral a distribuição de 4,7 milhões de euros aos acionistas, o que representa a quase totalidade dos lucros obtidos.

O dividendo por ação é de 15 cêntimos, o que iguala a remuneração paga no ano passado e representa uma rendibilidade de 7%. Em 2018 o "payout" da Novabase também tinha ficado em redor de 100%.

A empresa adverte contudo que "a proposta de dividendo está sujeita às condições de mercado, existência de uma situação financeira e contabilística no balanço da Novabase que permita a sua execução, aprovação nas competentes reuniões dos órgãos sociais e/ou da Assembleia Geral de Acionistas e termos e condições legais e regulamentares aplicáveis, bem como a outros fatores considerados relevantes pelo Conselho de Administração em cada momento".

 

(Notícia atualizada às 17:31)




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI