Tecnologias Novo Banco desfaz-se dos fundos tecnológicos. Sonaecom entra na Feedzai e Outsystems

Novo Banco desfaz-se dos fundos tecnológicos. Sonaecom entra na Feedzai e Outsystems

A Sonaecom ficou com três fundos de investimento que eram do Novo Banco, não revelando o valor da aquisição. A gestão da ES Ventures comprou a entidade gestora. O Novo Banco diz que o impacto no rácio de capital é " marginalmente negativo".
Novo Banco desfaz-se dos fundos tecnológicos. Sonaecom entra na Feedzai e Outsystems
Bloomberg
Alexandra Machado 06 de agosto de 2016 às 00:15
A Sonaecom reforçou o seu portfólio de investimentos em tecnológicas, através da compra de três fundos de capital de risco que eram geridos pela ES Ventures. Os fundos tinham um capital inicial de investimento total de 175 milhões de euros.

Em comunicado, a Sonaecom revela que "é o principal investidor" nesta transacção. Também o Novo Banco, em comunicado, diz que a Sonaecom, através da Sonae Investment Management – Software and Technology (Sonae IM), lidera um grupo de investidores que adquiriu três fundos de investimentos, mas nem num comunicado nem noutro se diz quem são os restantes investidores que ficaram com as unidades de participação do ESV I + I, do ESV II e do ESV III.

Também os valores não são revelados, mas segundo o "site" da ES Ventures estes fundos tinham um capital de investimento inicial de 175 milhões de euros, ainda que só tenham investido 157 milhões de euros. Além disso, já venderam entretanto algumas das participações.

O Novo Banco acrescenta no seu comunicado que além da alienação destes fundos à Sonaecom, também vendeu a totalidade da empresa de capital de risco ES Ventures à equipa de gestão, presidida por Joaquim Sérvulo Rodrigues.

O banco que resultou da resolução do BES explica que "esta transacção representa mais um importante passo no processo de desinvestimento de activos não estratégicos do Novo Banco, prosseguindo a sua estratégia de foco no negócio bancário", mas a conclusão do negócio, ainda sujeito a aprovação regulatória nomeadamente por parte do Banco de Portugal, "terá um impacto marginalmente negativo no rácio de capital Common Equity Tier I", não dizendo de quanto. No final do primeiro semestre, o rácio estava nos 12%.

Que empresas compra a Sonaecom?

"Com esta transacção a Sonae IM reforçará o seu portefólio, nomeadamente através de participações relevantes em empresas de base tecnológica, como a Outsystems e a Feedzai (as quais apresentam níveis significativos e consistentes de crescimento), e beneficiará não só de um aumento das oportunidades de investimentos e opções de saída ('exits') e mas também do aumento de potenciais co-investimentos." É assim que a Sonaecom explica a aquisição deste conjunto de fundos.

Não são reveladas nos comunicados as empresas que compõem, ainda, os fundos. No entanto, no "site" da ES Ventures, verifica-se que no portefólio adquirido estão empresas como a Malo Clinic, ou o Sousacamp, mas também a Outsystems, Feedzai, AquaSpy, Ynvisible, HeartGenetics, Berd, SafetyPay, entre algumas outras. Serão cerca de 40 as participações que estes três fundos terão.

A Sonae IM é uma entidade subsidiária da Sonaecom e liderada por Cláudia Azevedo que tem ainda no seu portefólio a WeDo, Saphety, Bizdirect, S21SEC e Movvo. 







Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI