Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Oni faz aumento de capital de 210 milhões de euros (act)

A Oni efectuou um aumento de capital de 210 milhões de euros no final de Dezembro de 2005, que permitiu reduzir a dívida da empresa para 300 milhões de euros. O aumento de capital foi subscrito pela EDP e BCP, principais accionistas da empresa de telecomu

Filipe Paiva Cardoso filipecardoso@mediafin.pt 31 de Janeiro de 2006 às 16:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Oni efectuou um aumento de capitais próprios de 210 milhões de euros no final de Dezembro de 2005, que permitiu reduzir a dívida da empresa para 300 milhões de euros. O aumento de capital foi subscrito pela EDP e BCP, principais accionistas da empresa de telecomunicações, em 70 e 30%, respectivamente.

Já em Julho de 2005 a Oni tinha reduzido a sua dívida em 250 milhões de euros graças à venda da Comunitel à Tele2. Estas duas operações somadas permitiram à empresa reduzir a dívida em 460 milhões de euros, o que lhe dá acesso a novas linhas de crédito assim como a uma renegociação das restantes dívidas, em especial as de curto-prazo.

Os custos financeiros da Oni podem passar assim de cerca de 35 milhões de euros anuais para 15 milhões.

O referido aumento de capital próprio foi concretizado pela conversão de créditos, por intermédio de prestações acessórias não remuneradas e também pela injecção de fundos no capital da empresa, o que não dilui as participações sociais, disse Diogo da Silveira, presidente da companhia, em conferência de imprensa. Esta operação permite que os restantes accionistas da Oni subscrevam futuramente o aumento.

O BCP detinha, directa e indirectamente, 23% do capital da Oni, tendo alienado recentemente esta posição ao seu fundo de pensões, apurando uma menos-valia de 38,3 milhões de euros. A EDP é a maior accionista da Oni com 56,6%, seguido do fundo de pensões do BCP, Brisa (17,2%) e Galp Energia (3,2%).

Ver comentários
Outras Notícias