Tecnologias Portugueses compram mais telemóveis inteligentes do que tradicionais

Portugueses compram mais telemóveis inteligentes do que tradicionais

Os “smartphones” vieram para ficar e em Portugal, pela primeira vez, foram vendidos mais telemóveis inteligentes, do que tradicionais, segundo IDC European Mobile Phone Tracker. No total, o mercado caiu 3%.
Portugueses compram mais telemóveis inteligentes do que tradicionais
Ana Torres Pereira 09 de setembro de 2013 às 13:37

No segundo trimestre de 2013 foram vendidos em Portugal 1,04 milhões de telemóveis, uma queda de 3% nas vendas em relação ao mesmo período de 2012, refere o estudo "IDC European Mobile Phone Tracker".

 

Apesar disso, os “smartphones” continuam a crescer, tendo ultrapassado as vendas dos telefones tradicionais pela primeira vez. No trimestre foram vendidas 570 mil unidades, um crescimento de 25% face ao homólogo, passando a pesar 55% das vendas totais de telemóveis no trimestre. 


“Esta tendência continuará a acentuar-se nos próximos trimestres, uma vez que a aposta dos fabricantes continuará a ser em telefones a preços baixos, com o sistema operativo Android, mas com uma superior experiência de utilização”, adinatou Francisco Jerónimo, Director Europeu de Research da Área de Telefones Móveis da IDC, citado em comunicado.

 

Este crescimento dos “smartphones” tem sido alavancado pelo sistema operativo da Google, Android, que como, no resto do mundo, “continua também a dominar as preferências dos consumidores portugueses”.

 

No segundo trimestre, o sistema operativo da Google alcançou a maior quota de mercado de sempre, ao representar 82% das vendas totais de smartphones, “fruto do sucesso dos terminais da Samsung, LG e Sony”, refere a IDC.

 

A IDC destaca que, apesar da sua constante quebra, “a Nokia reconquistou a liderança do segmento de telefones tradicionais à Samsung, resultado do sucesso da linha de produtos Asha”.

 

O preço foi a principal razão, segundo a IDC, dispondo de aplicações disponíveis apenas nos smartphones.

 

No período em análise, a consultora de tecnologia destaca ainda o crescimento nas vendas da Apple, LG e Sony.

 

A líder de vendas foi Samsung, com 187 mil unidades vendidas, o que representa um crescimento de 11% face aos 168 equipamentos vendidos no período homólogo.

 

A Apple vendeu no trimestre 63 mil unidades, valor que compara com os 35 mil vendidos no segundo trimestre de 2012.

 

Já a “LG oferece um portefólio de produtos mais coerente a preços mais competitivos e vendeu no segundo trimestre 70 mil unidades só de smartphones, valor que compara com os 19 mil do homólogo. Já a Sony apostou numa oferta integrada de produtos e serviços que “atrai os operadores móveis e os consumidores”. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI