Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Prejuízos da WorldCom atingiram 73,7 mil milhões entre 2000 e 2002

A WorldCom apresentou hoje os números revistos da sua contabilidade entre 2000 e 2002, anunciando que os prejuízos nesse período foram de 73,7 mil milhões de dólares (59,7 mil milhões de euros). A empresa declarou falência em 2002 após a descoberta de uma

Ruben Bicho rbicho@mediafin.pt 12 de Março de 2004 às 14:52
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A WorldCom apresentou hoje os números revistos da sua contabilidade entre 2000 e 2002, anunciando que os prejuízos nesse período foram de 73,7 mil milhões de dólares (59,7 mil milhões de euros). A empresa declarou falência em 2002 após a descoberta de uma fraude contabilística.

Em 2000 e 2001 a WorldCom, segunda maior fornecedora de serviços telefónicos de longa-distância dos EUA, apresentou lucros no final do exercício. No entanto, em Julho de 2002 foi descoberta uma fraude contabilística de 3,85 mil milhões de dólares, valor que foi aumentando à medida que as investigações avançaram.

Os resultados de 2002 nunca chegaram a ser conhecidos, mas hoje, na apresentação da contabilidade revista, ficou a saber-se que em 2000 os prejuízos foram de 48,9 mil milhões de dólares, em 2001 de 15, 6 mil milhões de dólares e em 2002 de 9,2 mil milhões de dólares.

A empresa, que vai mudar para o seu nome anterior, MCI, deverá sair do estatuto de falência no próximo mês.

Outras Notícias