Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Presidente da Samsung demite-se após acusação de evasão fiscal

O presidente do Grupo Samsung, Lee Kun Hee, demitiu-se do cargo depois de ter sido acusado de evasão fiscal e incumprimento do dever, terminando assim um reinado de 20 anos no maior grupo industrial da Coreia do Sul.

Maria João Soares mjsoares@negocios.pt 22 de Abril de 2008 às 10:21

O presidente do Grupo Samsung, Lee Kun Hee, demitiu-se do cargo depois de ter sido acusado de evasão fiscal e incumprimento do dever, terminando assim um reinado de 20 anos no maior grupo industrial da Coreia do Sul.

Lee Kun Hee é acusado pelo Ministério Público de evasão fiscal, num total de 113 mil milhões de dólares (70,83 mil milhões de euros) em impostos, e de incumprimento dos deveres fiduciários causando perdas à Samsung por ajudar o filho a ganhar o controlo das unidades do grupo.

O caso começou em Janeiro deste ano depois do antigo advogado da Samsung, Kim Yong Chul, ter alegado que o grupo desviava fundos para subornos.

Outras Notícias
Publicidade
C•Studio