Tecnologias Receitas do Pokémon GO superam os 250 milhões de dólares

Receitas do Pokémon GO superam os 250 milhões de dólares

Um estudo realizado pela YouGov mostra que só nos Estados Unidos e Reino Unido há mais de 11 milhões de utilizadores-pagadores.
Receitas do Pokémon GO superam os 250 milhões de dólares
Reuters
Rita Faria 12 de agosto de 2016 às 13:08

Os jogadores de Pokémon GO já gastaram 268 milhões de dólares (cerca de 240 milhões de euros) desde o lançamento deste jogo para dispositivos Android e iOS, há cinco semanas, de acordo com um estudo internacional da YouGov, citado pelo Financial Times.

Um em cada cinco jogadores gasta dinheiro na aplicação – isto porque, apesar de o "download" ser gratuito, o jogador tem a possibilidade de pagar por itens como Pokébolas, Poções e Ovos, que permitem avançar na caça aos Pokémons.

O estudo realizado junto de 50 mil pessoas no Reino Unido, Estados Unidos e Alemanha mostra que só entre os britânicos e os norte-americanos, há mais de 11 milhões de utilizadores-pagadores.

No Reino Unido, um milhão de pessoas pagaram para jogar Pokémon GO no primeiro mês, com a maioria a gastar entre 80 pence e 14,99 libras. Nos Estados Unidos e na Alemanha, quase um em cada três jogadores pagou para "caçar Pokémons", com 9% dos fãs germânicos da aplicação (o equivalente a 142 mil pessoas) a gastarem mais de 100 euros.

"O nosso estudo mostra que o nível de gastos em cinco semanas, em apenas três países, é superior a 250 milhões de dólares", refere Stephen Harmston, responsável pelos relatórios da YouGov, citado pelo Financial Times. "Se projectarmos esses números ao longo do tempo, e em 72 países onde o Pokémon GO já está disponível, vemos que se tornará rapidamente um jogo de mil milhões de dólares".

Uma análise comparativa com dois jogos de grande sucesso permitem perceber a dimensão das receitas da aplicação da Nintendo. Nos seus primeiros 30 dias de vida, o Clash Royale registou vendas de 125 milhões de dólares e o Candy Crush Soda Saga de 25 milhões de dólares – menos de metade do obtido pelo Pokémon GO.

O estudo da YouGov mostra também que, em média, 13% da população adulta destes três países descarregou o Pokémon Go, e 90% continuou a jogar quatro semanas após o lançamento.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI