Tecnologias Siemens Portugal vai contratar 400 trabalhadores até 2020

Siemens Portugal vai contratar 400 trabalhadores até 2020

A empresa vai investir 15 milhões de euros na criação de 400 novos empregos na área das Tecnologias da Informação.
Siemens Portugal vai contratar 400 trabalhadores até 2020
Siemens
Rita Faria 08 de novembro de 2018 às 12:16

A Siemens Portugal vai criar 400 postos de trabalho na área das Tecnologias da Informação (TI) até 2020, no âmbito da expansão do Lisbon Tech Hub, que implicará um investimento de 15 milhões de euros.

 

Estes trabalhadores vão juntar-se às cerca de 600 pessoas que já trabalham no Lisbon Tech Hub, um centro de competências focado nas áreas da cibersegurança, inteligência artificial e robótica.

 

De acordo com um comunicado da Siemens Portugal, as áreas para as quais a empresa vai ter mais posições em aberto serão Cloud Backend DeveloperAWS; Mobile Developer (iOS / Android); Project Manager - Cyber Security Penetration Testing; Cyber Security - Cloud Security Specialist; e Big Data – IoT/Analytics Architect.

 

Além destes 15 milhões de euros, a Siemens Portugal vai investir mais 5 milhões na renovação e modernização de um edifício, para dar resposta aos novos conceitos de trabalho, apostando em espaços de co-criação e ideação.

 

Assim, no total, a empresa vai investir cerca de 20 milhões de euros em digitalização, uma aposta que foi anunciada no Web Summit esta quarta-feira, por Pedro Pires de Miranda (na foto), presidente executivo da Siemens Portugal, na presença do primeiro-ministro, António Costa, e do ministro da Economia, Pedro Siza Vieira.

 

Em Junho, a empresa tinha já anunciado um investimento de cinco milhões de euros para impulsionar esta área em Portugal, dedicando assim um total de 25 milhões de euros à digitalização do país.

 

"Este investimento vem reforçar a estratégia que definimos para esta área em Portugal. No primeiro semestre do ano, anunciámos que íamos investir cinco milhões em digitalização. Agora, temos a enorme satisfação de poder anunciar que vamos investir cinco vezes mais. É um total de 25 milhões de euros vinculados à digitalização, um investimento que beneficiará muito a economia nacional", assinalou Pedro Pires de Miranda, citado no comunicado.