Tecnologias Sonae IM investe na canadiana Daisy

Sonae IM investe na canadiana Daisy

O grupo da Maia, em conjunto com uma “venture capital” canadiana, participou numa ronda de investimento de sete milhões de euros de uma empresa deste país que tem uma tecnologia que permite a retalhistas e seguradoras melhorar os seus resultados financeiros.
Sonae IM investe na canadiana Daisy
Rui Neves 20 de setembro de 2019 às 12:18

A Sonae IM, focada no investimento em empresas tecnológicas nas áreas de cibersegurança, telecomunicações e de retalho, continua reforçar o seu portfólio através de aquisições.

 

O mais recente investimento do "braço" tecnológico do grupo Sonae chama-se Daisy Intelligence. Trata-se de uma empresa canadiana que desenvolveu uma plataforma tecnológica, baseada em inteligência artificial (IA), que "permite a retalhistas e seguradoras melhorar os seus resultados financeiros, através de recomendações de negócio e automação de processos complexos, inacessíveis à capacidade humana", avança a Sonae IM, em comunicado.

 

Em parceria com a "venture capital" Framework Venture Partners, a Sonae IM participou numa ronda de investimento de série A no valor de 10 milhões de dólares canadianos (cerca de sete milhões de euros) da Daisy, que se destinam a alavancar a sua "expansão global, investir em marketing e vendas, reforçar o suporte aos seus clientes e expandir a sua infraestrutura operacional, para fazer face ao crescimento esperado", anunciou a empresa portuguesa, esta sexta-feira, 20 de setembro.

 

A Sonae IM garante que a Daisy "lidera a revolução no retalho" com a sua plataforma SaaS com IA, trazendo inteligência e automação a decisões comerciais, que tem "atraído uma base crescente de clientes nos Estados Unidos, Canadá, América Latina e Europa, baseada na obtenção de resultados comprovados para o negócio", assegura.

 

A empresa portuguesa garante que a Daisy dobrou as vendas e a dimensão da equipa no último ano, mas não revela números.

 

"A Daisy Intelligence atraiu a nossa atenção com as suas capacidades distintivas em IA, aplicadas a áreas comerciais, atividade claramente crucial em retalho alimentar. Como investidor estratégico com forte presença na Europa, temos a ambição de apoiar a empresa, com todos os meios ao nosso dispor, no seu crescimento e expansão global",  promete Eduardo Piedade, CEO da Sonae IM.

 

Já Peter Misek, sócio fundador da Framework Venture Partners, que considera que "há muito exagero e falsas promessas em IA por parte do ecossistema de start-ups", afirma que, "depois de conhecer centenas de start-ups, a Daisy foi a primeira" em que sentiu que "a promessa poderia ser entregue".

 

O investimento na Daisy foi um dos primeiros da Framework Venture Partners, que tem um novo fundo de 150 milhões de dólares canadianos, concentrado em ajudar empresas tecnológicas em rápido crescimento, no Canadá e no estrangeiro.

 

"Esta ronda de financiamento reflete o interesse crescente em plataformas com IA, por parte de empresas em todo o mundo, que procuram aumentar as vendas e lucros. Com a nossa tecnologia única, que serve de apoio a decisões críticas, os nossos clientes estão mais próximos desse objetivo", afirma, por seu lado, Gary Saarenvirta, fundador e CEO da Daisy.

 

Em tecnologias de retalho, a Sonae IM tem atualmente mais de uma dezena de investimentos ativos em todo o mundo, sendo a Daisy Intelligence o seu primeiro em território canadiano.



(Notícia atualizada às 12:31)




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI