Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sonaecom diz que o "tempo favoreceu os infractores"

A Sonaecom está "muito satisfeita" com a decisão da Autoridade da Concorrência em condenar a PT e a Zon por abuso de posição dominante, disse Lobo Xavier. O administrador da empresa, em declarações ao Negócios, disse que os seis anos que passaram apenas "favoreceram os infractores".

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 02 de Setembro de 2009 às 16:37
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
A Sonaecom está “muito satisfeita” com a decisão da Autoridade da Concorrência em condenar a PT e a Zon por abuso de posição dominante, disse Lobo Xavier. O administrador da empresa, em declarações ao Negócios, disse que os seis anos que passaram apenas “favoreceram os infractores”.

“A PT a Zon estão a queixar-se do tempo que demorou a decisão, mas este tempo só favoreceu os infractores, se alguém se pode queixar são os queixosos”, referiu António Lobo Xavier.

O administrador referiu ainda que “apesar dos prejuízos causados a decisão deixa-nos muito satisfeitos”.

A Autoridade da Concorrência condenou o Grupo Portugal Telecom e o Grupo Zon ao pagamento de uma multa no valor global de 53,062 milhões de euros por abuso de posição dominante. Os factos em causa remontam a 2002 e 2003, altura em que a Zon ainda integrava o Grupo PT.

No final de 2003, na sequência de diversas queixas apresentadas à AdC por parte da Clixgest Internet e Conteúdos, da Novis Telecom, da Onitelecom e da Media Capital Telecomunicações (que entretanto foi extinta) foi iniciada uma investigação que só agora tem a sua conclusão.

Ver comentários
Outras Notícias