Tecnologias Sony já está a trabalhar na sucessora da Playstation4

Sony já está a trabalhar na sucessora da Playstation4

A popular consola da Sony vai ter uma nova geração, garantiu o presidente da empresa nipónica.
Sony já está a trabalhar na sucessora da Playstation4
Negócios 09 de outubro de 2018 às 13:48

O mercado das consolas de jogos tem futuro? A Sony acredita que sim e por isso está a trabalhar na sucessora da Playstation4 (PS4).

 

A confirmação veio do presidente da empresa nipónica. "Nesta altura, o que posso dizer é que será necessário ter uma nova geração de hardware", disse Kenichiro Yoshida ao Financial Times.


Desde que foi colocada à venda em 2013, a Sony vendeu 80 milhões de PS4, tornando esta a consola de maior sucesso da Sony (a PS3 tinha vendido 80 milhões quando a produção foi descontinuada).

 

Tem crescido nos últimos tempos a especulação sobre o mercado tradicional das consolas de jogos, com vários especialistas a estimarem uma migração para soluções baseadas na "cloud". Contudo, vários analistas também defendem que seria um desperdício a Sony deixar de produzir consolas após o fim da PS4, pois ficaria sem oferta para os mercados sem o 5G, que permite o download fácil dos jogos a partir da Internet.    

 

O fim das consolas também ganhou força depois do forte crescimento da indústria de jogos mobile, já avaliada em 70 mil milhões de dólares, uma vez que os utilizadores recorrem cada vez mais a smartphones para videojogos.

 

Kenichiro Yoshida recusou confirmar se a próxima consola da Sony terá o nome óbvio de PlayStation5.  Fontes citadas pelo FT referem que a próxima consola da empresa nipónica não significará uma revolução para à PS4, mantendo uma arquitectura e design similares.   

 

No mercado, de acordo com a publicação britânica, têm surgido rumores sobre a possibilidade de a Sony lançar um tablet com capacidade para se conectar a múltiplos aparelhos de jogos e plataformas de streaming.  

 

Neste âmbito, a Microsoft está já a trabalhar no Project xCloud, que será lançado em 2019 e permitirá aos utilizadores jogar em diversas plataformas.




pub