Tecnologias SportTV compra direitos de Mundial de Futebol; espera mais clientes (act)

SportTV compra direitos de Mundial de Futebol; espera mais clientes (act)

A SportTV, canal televisivo participado pela PTM, comprou os direitos para transmitir para Portugal, os jogos do Mundial de Futebol de 2002, não garantindo que os jogos da Selecção Nacional sejam transmitidos em canal aberto, disse Bessa Tavares.
Bárbara Leite 24 de abril de 2002 às 19:01
A SportTV, canal televisivo participado pela PT Multimédia, comprou os direitos para transmitir para Portugal, os jogos do Mundial de Futebol de 2002, não garantindo que os jogos da Selecção Nacional sejam transmitidos em canal aberto, disse Bessa Tavares, director-geral da SportTV em conferência de imprensa.

«Esta madrugada assinámos com a Kirch, grupo de media alemão, quanto aos direitos exclusivos de transmissão do mundial de futebol» para Portugal, afirmou o mesmo responsável.

No entanto, «as negociações não foram fáceis», acrescentou Bessa Tavares, sublinhando que «estamos com grande satisfação por termos conseguido chegar a um acordo razoável para as partes envolvidas».

Bessa Tavares escusou-se a adiantar o valor envolvido na compra destes direitos alegando confidencialidade dos termos do referido acordo. Segundo a imprensa o valor deste negócio terá ascendido a 8 milhões de euros.

No que respeita à transmissão dos jogos da Selecção, das meias-finais e final, a SportTV é obrigada a negociar com os canais abertos a cessão dos direitos de transmissão.

Contudo, a SportTV poderá não aceitar os valores propostos pelos canais abertos para transmissão daqueles jogos.

Bessa Tavares garantiu que «fará todos os possíveis» para estes jogos serem também transmitidos pelos canais abertos: SIC, TVI e RTP.

O director-geral da SportTV assegurou que a RTP, como accionista deste canal pago, não será beneficiada nas negociações para aqueles jogos.

Bessa Tavares adiantou que alguns dos jogos serão transmitidos no exterior com recurso ao estabelecimento de acordos que o mesmo responsável não quis pormenorizar.

«Não vamos ganhar dinheiro com o mundial»

Bessa Tavares adiantou em conferência de imprensa que «não vamos ganhar dinheiro com o mundial».

Para este responsável a rentabilidade com esta operação não «é o mais importante. O importante era desbloquear o impasse da transmissão do mundial e, satisfazer os clientes da SportTV».

Segundo afirmou Vasco Perestrelo, director de marketing da SportTV ao Negocios.pt, «embora não ganhemos dinheiro, este investimento está dentro das nossas projecções».

Com 400 mil assinantes, a SportTV «acredita que haja uma maior adesão de clientes em Junho comparado com o resto dos meses», acrescentou o mesmo responsável ao Negocios.pt.

O director-geral da SportTV, por outro lado, sublinhou que o «que queremos é um crescimento sustentado, não estamos a quantificar esse crescimento».

«Mantemos o nosso objectivo de obtenção de meio milhão de assinantes no final de 2003», explicou.

A PTM fechou a descer 0,97% para os 8,20 euros