Tecnologias Startup portuguesa WalliD garante financiamento de 600 mil euros

Startup portuguesa WalliD garante financiamento de 600 mil euros

Startup portuguesa garantiu o levantamento de 600 mil euros numa ronda de investimento em vésperas do começo da Web Summit, onde estará presente. A Casa da Moeda é um dos investidores.
Startup portuguesa WalliD garante financiamento de 600 mil euros
Negócios 04 de novembro de 2019 às 10:53

A WalliD, uma startup portuguesa que desenvolveu um protocolo aberto baseado em "blockchain" para oferecer soluções de autenticação online, garantiu um financiamento de 600 mil euros, numa ronda liderada pela Armilar Ventures Partners e com o coinvestimento da Imprensa Nacional – Casa da Moeda, segundo um comunicado.

Através da sua plataforma, um utilizador pode guardar os seus documentos de identificação numa pasta digital, cujo acesso é feito através de uma chave encriptada.

"A visão da WalliD passa por trazer as credenciais do mundo físico para o mundo online, com vista a solucionar questões como violações de dados massivas e fraudes de identidade", disse a startup portuguesa, em comunicado, acrescentando que "a solução conjuga as vantagens da tecnologia 'blockchain', com a garantia criptográfica dos certificados digitais gerados por autoridades credenciadas".

A WalliD foi criada em 2018 e incubada na Caixa Mágica Software, uma "spin-off" do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa. A equipa vai utilizar esta ronda de investimento para abrir o protocolo a outros "developers" e "executar as ambições que têm com a sua estratégia de desenvolvimento internacional de negócio", acrescentou.

A startup vai marcar presença na Web Summit, no dia 7 de setembro, na secção Fintech do programa de Startups Beta da evento.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI