Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Tekever de mãos atadas após afundar milhão no Edifício Nau

Quase três anos após ter comprado a concessão de metade do icónico imóvel do Parque das Nações, a tecnológica continua impedida de ocupar o espaço, que se mantém ao abandono.

O Edifício Nau, que tem metade do seu espaço ao abandono, foi construído no âmbito da Expo’98. Miguel Baltazar
Rui Neves ruineves@negocios.pt 22 de Janeiro de 2020 às 09:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
Construído no âmbito da requalificação para a Expo’98, naquele que foi o espaço administrativo e centro de informação do evento, grande parte do Edifício Nau mantém-se desde então ao abandono. Teve vários concessionários, até que o último, a Compacta – Empreendimentos Imobiliários, que detinha os direitos de utilização de cerca de metade do edifício, faliu sem nunca ...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais tekever edifício nau pedro sinogas compacta insolvência
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias