Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

TMN angaria 212 mil novos clientes e rede fixa sobe receitas

A unidade móvel da Portugal Telecom conquistou 212 mil novos clientes no quarto trimestre e a rede fixa aumentou receitas, conseguindo o melhor de 17 trimestres, devido ao contributo do Meo. Contudo, ambas as unidades da PT desceram o EBITDA no período.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 18 de Fevereiro de 2009 às 07:50
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A unidade móvel da Portugal Telecom conquistou 212 mil novos clientes no quarto trimestre e a rede fixa aumentou receitas, conseguindo o melhor de 17 trimestres, devido ao contributo do Meo. Contudo, ambas as unidades da PT desceram o EBITDA no período.

As receitas operacionais da rede fixa aumentaram 2,0% no quarto trimestre de 2008 para 495 milhões de euros, o que a PT diz ser o “melhor desempenho nos últimos dezasseis trimestres”. Na globalidade do ano as receitas da rede fixa desceram 1,6%.

Esta melhoria na rede fixa deve-se ao serviço de Televisão Meo, que atingiu um total de 101 mil novos clientes no quarto trimestre, elevando a base de subscritores para 312 mil. No ADSL de retalho a PT conquistou 31 mil novos clientes, atingindo um total de 727 mil.

Contudo, ao nível de resultados operacionais a rede fixa continua em queda, com o EBITDA a descer 29,9% no quarto trimestre e a recuar 16,5% em 2008.

No negócio móvel em Portugal, as receitas estabilizaram em 413,1 milhões de euros no quarto trimestre e subiram 3,8% em 2008. O EBITDA da TMN desceu 2,3% no trimestre e subiu 1,5% em 2008.

A TMN angariou 212 mil novos clientes no quarto trimestre e 683 mil em 2008, terminando o ano com 6,94 milhões de clientes.

O ARPU (receita média mensal por cliente) da TMN registou um decréscimo de 11,4% no quarto trimestre, uma queda que a empresa justifica com a sazonabilidade decorrente do forte crescimento da base de clientes; a maior penetração dos serviços em segmentos mais baixos do mercado; redução das tarifas de terminação e a descida de preços no roaming.

Ver comentários
Outras Notícias