Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Três candidatos às zonas rurais da região Norte

O concurso para a construção e exploração de uma rede de comunicações ultra-rápida nas zonas rurais no Norte do país recebeu três propostas, mas com um protagonista diferente.

Alexandra Machado amachado@negocios.pt 27 de Agosto de 2009 às 00:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O concurso para a construção e exploração de uma rede de comunicações ultra-rápida nas zonas rurais no Norte do país recebeu três propostas, mas com um protagonista diferente.

A Visabeira, ao contrário do que aconteceu nos concursos para o Centro e Algarve/Alentejo, não foi a jogo, sendo a parceira da Portugal_Telecom, para a região Norte, o GroupFix, que foi a concurso através da participada Paínhas.

“Quando o GroupFix demonstrou o interesse em liderar este projecto, e nos contactou com o objectivo de reforçarmos a parceria já existente e apoiarmos tecnicamente a elaboração desta candidatura, a PT assumiu com entusiasmo esta participação e comprometeu-se a disponibilizar uma oferta retalhista, a partir da oferta grossista estabelecida pelo GroupFix”, avança a Portugal Telecom.

O GroupFix garante, em comunicado, que a sua proposta visa a construção de uma rede aberta a todos os operadores. Este é aliás uma determinação do concurso. Os concorrentes devem disponibilizar uma oferta grossista (para outros operadores), no entanto, a Apritel critica o facto de esta questão não ter uma pontuação específica na avaliação.

Além desta candidatura do GroupFix (que resulta da junção de três empresas – Paínhas, Eurico Ferreira e Telejás), associada à PT, o concurso para a zona norte teve ainda a participação da DST, novamente associada à Sonaecom, e da Triplenet, que manteve a parceria com a Oni. Os operadores de telecomunicações não têm feito parte directamente nas propostas, mas disponibilizam uma oferta ao consumidor final.

Hoje decorrerá o acto público de abertura das propostas.

Ver comentários
Outras Notícias