Tecnologias Twitter dispara mais de 15% e Microsoft mais de 4% após resultados

Twitter dispara mais de 15% e Microsoft mais de 4% após resultados

As acções do Twitter e da Microsoft estão a registar subidas expressivas, com grande destaque para o Twitter, que está a somar mais de 15%, a reflectir os resultados do terceiro trimestre, cujos números superaram as estimativas.
Twitter dispara mais de 15% e Microsoft mais de 4% após resultados
Bloomberg
Sara Antunes 25 de outubro de 2018 às 14:41
Os resultados apresentados pelo Twitter e pela Microsoft foram bem recebidos pelos investidores, que estão a elevar as acções das duas cotadas. 

Os títulos do Twitter estão a disparar 15,98% para 31,94 dólares. Já as acções da Microsoft estão a subir 4,17% para 106,59 dólares.

O Twitter terminou o terceiro trimestre com um resultado líquido de 21 cêntimos de dólar por acção, o que superou as estimativas dos analistas que apontavam para um lucro médio de 14 cêntimos. As receitas dispararam 29% para 758 milhões de dólares, o que também superou as estimativas dos analistas. A contribuir para a melhoria dos resultados do Twitter esteve o aumento das receitas provenientes de publicidade.

 

Por outro lado, os utilizadores activos da rede social diminuíram em nove milhões para um total de 326 milhões, um número que ficou aquém das previsões, que apontavam para uma queda mais ligeira para 330 milhões.

 

A Microsoft também superou as estimativas dos analistas. Os lucros do primeiro trimestre fiscal aumentaram para 8,82 mil milhões de dólares, ou 1,14 dólares por acção, o que compara com os 96 cêntimos de dólar estimados pela média dos analistas consultados pela Bloomberg. As receitas da empresa cresceram 19% para 29,1 mil milhões de dólares, quando as previsões apontavam para 27,9 mil milhões.

 

A contribuir para a melhoria dos resultados da Microsoft esteve o serviço de nuvem, Azure, cujas receitas dispararam 76%. O Office 365 registou um aumento de 36% das receitas.




Saber mais e Alertas
pub