Tecnologias Uber reduz prejuízos, mas continua longe dos lucros

Uber reduz prejuízos, mas continua longe dos lucros

A Uber terminou o segundo trimestre do ano com prejuízos menores do que há um ano. Mas os resultados negativos continuam avultados.
Uber reduz prejuízos, mas continua longe dos lucros
Amr Abdallah Dalsh/Reuters
Negócios 15 de agosto de 2018 às 22:44

A Uber revelou que os prejuízos do segundo trimestre diminuíram para 891 milhões de dólares, quando no ano passado tinham sido de 1,1 mil milhões de dólares. Já o EBITDA diminuiu de 773 milhões para 614 milhões de euros, de acordo com os dados divulgados esta quarta-feira, 15 de Agosto, citados pela imprensa internacional.

Já as receitas líquidas, que excluem, entre outros itens, o que a Uber paga aos motoristas, aumentaram mais de 60% para 2,8 mil milhões de dólares face ao ano passado, numa período marcado pela diversificação dos serviços, nomeadamente com a Uber Eats.

O presidente executivo da Uber, Dara Khosrowshahi, alargou assim a oferta de serviços da empresa, numa altura em que a empresa prepara a sua entrada em bolsa, prevista para 2019. 

Apesar da melhoria dos resultados, a Reuters realça que a plataforma tecnológica ainda tem um longo caminho a percorrer para demonstrar que é rentável. Só assim conseguirá atrair investidores e fazer uma IPO de sucesso. 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI