Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Venda de descodificadores de TDT "muito abaixo do necessário" para migração sem sobressaltos

O preço dos descodificadores de televisão digital terrestre (TDT) vendidos em Portugal mantém a rota descendente, com mais de 60% dos aparelhos a já estarem disponíveis a preços inferiores a 30 euros.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 05 de Dezembro de 2011 às 13:43
  • Partilhar artigo
  • 7
  • ...
A Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) divulgou hoje dados relativos à venda dos descodificadores do sinal de Televisão Digital Terrestre (TDT) no terceiro trimestre do ano, onde salienta que, embora as vendas progridam “a bom ritmo” estão ainda “muito abaixo do necessário para que a migração se faça sem sobressaltos”.

As vendas de descodificadores cresceram 29% no trimestre que decorreu entre o dia 30 de Junho e 30 de Setembro, diz hoje a Anacom, que relembra que o sinal analógico será desligado daqui a seis semanas (12 de Janeiro) na faixa litoral, a dia 22 de Março nas regiões autónomas e a dia 26 de Abril no restante território.

A autoridade relembra que “toda a população está já coberta pela TDT” e sublinha que “é importante que as pessoas comecem a preparar a transição desde já, evitando a pressão dos últimos dias e os riscos de ficarem sem ver televisão temporariamente”.

Descodificadores estão a ficar mais baratos

A tendência do preço dos descodificadores do sinal de TDT é decrescente, mas quem quiser fazer a transição para o sinal de digital sem sobressaltos não deve adiar até muito tarde a aquisição do seu descodificador, alerta a Anacom.

No terceiro trimestre, preço médio dos descodificadores caiu 18% face ao trimestre anterior, para se situar próximo dos 37 euros. Os descodificadores vendidos em Setembro já tiveram um preço médio de 34 euros, o que comprara 45 euros de preço médio dos aparelhos vendidos em Junho.

“É importante que toda as pessoas comecem a preparar a transição desde já, evitando a pressão dos últimos dias e os riscos de ficarem sem ver televisão temporariamente”, salienta o comunicado. “Se todos deixarem a migração para o último dia é provável que não encontrem disponíveis os equipamentos de preços mais baixo, ou que não encontrem mesmo equipamentos à venda, já que nesse cenário poderão existir rupturas de stock”, explica a Anacom.

A autoridade relembra que a compra dos aparelhos é subsidiada em 50% até um máximo de 22 euros. “Podem candidatar-se ao subsídio os beneficiários do rendimento social de inserção, os reformados e pensionistas com um rendimento mensal até aos 500 euros e os portadores de um grau de deficiência igual ou superior a 60%”, diz.

Ver comentários
Saber mais Anacom TDT digital analógico terrestre sinal televisão transmissão
Outras Notícias