Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vivendi pretende reduzir linha de crédito para mil milhões de euros

O Vivendi Universal, segunda maior empresa de media, pretende reduzir a sua linha de crédito em dois mil milhões de euros, para mil milhões de euros, após ter aumentado os seus fundos com a venda de obrigações convertíveis.

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 15 de Novembro de 2002 às 10:27
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O Vivendi Universal, segunda maior empresa de media, pretende reduzir a sua linha de crédito em dois mil milhões de euros, para mil milhões de euros, após ter aumentado os seus fundos com a venda de obrigações convertíveis.

A Vivendi Universal anunciou que não precisa de pedir emprestado uma quantia tão elevada, porque encaixou 886 milhões de euros, através da venda de obrigações convertíveis, a investidores institucionais, divulgou a empresa em comunicado.

A empresa de media francesa poderá ainda receber 115 milhões de euros com a venda de títulos ao público.

«Este assunto poderá permitir à companhia uma considerável melhoria na sua flexibilidade financeira», segundo a mesma fonte.

A Vivendi tinha conseguido, este mês, uma linha de crédito de três mil milhões de dólares.

A Vivendi, que tem uma dívida de 19 mil milhões de euros, poderia ficar sem liquidez em Novembro próximo, caso não conseguisse um novo empréstimo. A empresa de media registou prejuízos na ordem dos 12,3 mil milhões de euros no primeiro semestre do ano e irá vender pelo menos 10 milhões de euros em activos.

A Vivendi seguia a ganhar 3,81% para os 12,25 euros.

Outras Notícias