Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vodafone defende concurso público para rede de nova geração

O Governo devia lançar um concurso para a construção e exploração de uma rede de telecomunicações de nova geração defendeu hoje António Carrapatoso, presidente da Vodafone, num encontro com jornalistas.

Alexandra Machado amachado@negocios.pt 13 de Novembro de 2008 às 12:39
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...
O Governo devia lançar um concurso para a construção e exploração de uma rede de telecomunicações de nova geração defendeu hoje António Carrapatoso, presidente da Vodafone, num encontro com jornalistas.

Para este gestor, seria um investimento mais eficiente se houvesse apenas uma rede de fibra óptica no país operada por terceiros, que poderia ter ou não a participação dos operadores actuais.

Para António Carrapatoso, teria que se definir as condições a que os operadores de telecomunicações acederiam a essa rede para prestar serviços aos consumidores.

Nas estimativas da Vodafone, uma rede nacional custaria cerca de 2,5 mil milhões de euros para cobrir cerca de 3,6 milhões de lares.

Mário Lino, ministro das Obras Públicas, já referiu várias vezes que na nova geração quer concorrência também ao nível das redes, o que inviabiliza este cenário de operador único. “O ministro já mudou de opinião noutras ocasiões. Vale a pena promover a discussão”, comentou o presidente da Vodafone.

Ver comentários
Outras Notícias