Tecnologias Worldline prepara-se para comprar rival Ingenico por 8,6 mil milhões

Worldline prepara-se para comprar rival Ingenico por 8,6 mil milhões

A empresa francesa de pagamentos Worldline está em vias de fechar a compra da rival também gaulesa Ingenico por um valor de 8,6 mil milhões de dólares (7,75 mil milhões de euros). Negócio dará origem à quarta maior prestadora mundial de serviços de pagamento.
Worldline prepara-se para comprar rival Ingenico por 8,6 mil milhões
Correio da Manhã
Negócios com Bloomberg 03 de fevereiro de 2020 às 10:33

A Worldline chegou a acordo para adquirir a rival Ingenico por 8,6 mil milhões de dólares (7,75 mil milhões de euros), avança a Bloomberg. De acordo com esta agência noticiosa, se se concretizar este negócio entre as duas tecnológicas francesas irá criar-se a quarta maior prestadora mundial de serviços de pagamento.

A Bloomberg escreve ainda que os acionistas da Ingenico vão receber 123,10 euros em dinheiro por ação detida, ou uma conjugação de dinheiro e títulos da empresa resultante do negócio.

Aquele valor está 17% acima do valor de fecho dos títulos acionistas da Ingenico, sendo que a Worldline está ainda a oferecer a possibilidade de comprar obrigações convertíveis em ações da rival.

Já os acionistas da Worldline ficarão com cerca de 65% do capital social combinado das duas prestadoras gaulesas de serviços de pagamentos.

Esta operação permitirá à Worldline tornar-se numa "plataforma de escolha para posterior consolidação na Europa", sustentou o CEO da empresa, Gilles Grapinet, durante uma conferência telefónica realizada na manhã desta segunda-feira, 3 de fevereiro.  

As ações das duas cotadas estão a reagir de forma distinta ao anúncio de acordo, com a Worldline a perder 4,16% para 61,10 euros, estando assim a negociar em mínimos de 12 de dezembro, e a Ingenico a disparar 11,12% para 116,90 dólares (máximos de dezembro de 2015).

Este negócio surge após um período difícil para a Ingenico. Esta empresa fornece serviços de processamento de pagamentos a setores distintos como banca, retalho ou sites de comércio online.

Por outro lado, trata-se de uma operação que dá continuidade à tendência de consolidação a que se vem assistindo no setor das empresas de pagamentos.




Marketing Automation certified by E-GOI