Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Facebook lucra 800 milhões de libras, mas declara perdas de 15 milhões

A sede do Facebook na Irlanda transferiu 440 milhões de libras para as Ilhas Caimão, de forma a pagar menos impostos pelas operações realizadas no estrangeiro.

Bancos impedem estreia negativa do Facebook em bolsa (act.)
Rita Dias Baltazar rbaltazar@negocios.pt 28 de Dezembro de 2012 às 19:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

Relatórios sobre o Facebook Irlanda, sede da empresa fora dos EUA, mostram que a rede social desviou 440 milhões de libras (536,18 milhões de euros) para as ilhas Caimão, em 2011. Desta forma, a tecnológica de Mark Zuckerberg pagou menos impostos, segundo a Forbes.

 

A medida faz parte de uma estratégia de redução de impostos designada “duplo irlandês”. Nesta estratégia, os pagamentos de “royalties” de valores mais elevados são transferidos de subsidiárias internacionais, de forma a serem tributados a taxas mais baixas.

 

Com esta medida, a tecnológica de Zuckerberg pagou apenas o valor mínimo de 2,9 milhões de libras de impostos quando obteve um lucro de 800 milhões de libras em operações no estrangeiro. Relativamente ao exercício na Grã-Bretanha, o Facebook pagou apenas 240 mil libras de impostos, explica o jornal espanhol “El Economista”.

 

O Facebook Irlanda, após a transferência para as ilhas Caimão e para a Casa-mãe em Silicon Valey, registou perdas de 15 milhões de libras.

 

Depois do facto se ter tornado público esta semana, o Reino Unido reactivou a sua campanha mediática contra a evasão fiscal, segundo o “El Economista”.

 

Starbucks, Google e Amazon fazem parte do grupo de multinacionais norte-americanas que têm adoptado estratégias para pagar menos impostos na Europa.

Ver comentários
Saber mais Facebook Mark Zuckerberg Irlanda Ilhas Caimão
Outras Notícias