Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Regulador britânico investiga estudo sobre humor no Facebook

A rede social avançou com um estudo sobre o humor dos seus utilizadores e os reguladores britânicos consideraram que deveriam analisar a forma como foi feito.

Bloomberg
Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 02 de Julho de 2014 às 12:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O regulador britânico está a investigar se o Facebook violou ou não as leis de protecção de dados, quando conduziu o estudo psicológico sobre os seus membros, sem o seu consentimento.

 

A BBC refere que o estudo teve como base a manipulação de informação de aproximadamente 700 mil utilizadores, com vista a avaliar as suas expressões e o seu humor.

 

O Information Commissioner's Office (ICO) informou, segundo a mesma fonte, que pertende questioner o Facebook acerca deste estudo.

 

Já Richard Allen, um dos representantes do Facebook, mostrou-se disponível para responder "a quaisquer questões avançadas pelo regulador", acrescenta a mesma fonte.

 

E uma vez que a sede do Facebook na Europa está situada na Irlanda, o ICO já fez saber que pretende contactar o regulador irlandês sobre a matéria.

 

O estudo do Facebook foi conduzido em colaboração com a Cornell University e com a University of California at San Francisco, onde foram analisados 689 membros, durante uma semana de 2012.

 

O estudo consistia em manipular os "feeds" de notícias desta amostra, constituída aleatoriamente, de modo a compreender o impacto que esses conteúdos teriam nos estados emocionais dos utilizadores, avaliados através da informação posteriormente publicada.

 

O estudo permitiu concluir que os membros do Facebook que partilhavam menos histórias negativas, tinham penos propensão em escrever "posts" (pequenas mensagens) negativos e vice versa.

 

 

Ver comentários
Saber mais Facebook Information Commissioner Europa Irlanda Cornell University California San Francisco estudo
Mais lidas
Outras Notícias