Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Adesão à greve nos CTT passou 70% segundo sindicato, mas para empresa ficou em 18,5%

Mais de 70% dos trabalhadores dos CTT estiveram esta sexta-feira em greve contra o congelamento salarial e o pagamento do subsídio de refeição em cartão, anunciou um sindicato, mas a empresa situa a adesão em 18,5%.

A DPD, DHL e CTT garantem que implementarem medidas de proteção no manuseamento de encomendas.
Miguel Baltazar
Lusa 29 de Maio de 2020 às 20:32
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
De acordo com o secretário-geral do Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações (SNTCT), Vitor Narciso, a adesão à greve nos CTT superou os 70% ao longo do dia.

Mas, segundo fonte da empresa, "os CTT apuraram uma taxa efetiva de adesão de apenas 18,5% até às 12:00 desta sexta-feira, sem impacto expressivo na atividade da empresa".

Para Vitor Narciso, os trabalhadores dos CTT "demonstraram hoje de forma clara que estão dispostos a continuar a luta contra a prepotência da administração, contra o cartão de refeição, contra o congelamento dos salários, pela melhoria das condições de trabalho e pela admissão de mais trabalhadores efetivos, de modo a prestar um serviço de qualidade e atempadamente".

"Apesar de toda a coação, intimidação e campanha de desinformação, os trabalhadores deram uma resposta clara e inequívoca e afirmaram estar dispostos a continuar a luta", afirmou o sindicalista numa declaração escrita.

A greve de hoje foi marcada por sindicatos da CGTP, UGT e independentes.

O SNTCT já entregou um pré-aviso de greve para 12 de junho.


Ver comentários
Saber mais CTT SNTCT Vitor Narciso sindicatos greve adesão
Mais lidas
Outras Notícias