Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Altice afunda mais de 8% depois de Goldman Sachs ter alienado 61 milhões de acções

Os títulos da francesa Altice seguem em forte queda numa sessão em que já afundaram mais de 10,5%, isto depois de o Goldman Sachs ter vendido 61 milhões de títulos accionistas da dona do Meo.

Ivan Guilbert/Bloomberg
David Santiago dsantiago@negocios.pt 24 de Novembro de 2015 às 10:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

As acções da Altice estão a perder 8,30% para 13,09 euros numa sessão em que já estiveram a afundar 10,68% para transaccionarem nos 12,75 euros, o valor mais baixo atingido pela operadora de telecomunicações desde 26 de Novembro de 2014.

 

Este comportamento dos títulos accionistas da empresa detida por Patrick Drahi verifica-se depois de o banco norte-americano Goldman Sachs ter decidido alienar 61 milhões de acções da Altice a investidores institucionais.

 

A Next, holding detida pelo multimilionário Drahi, fez um acordo de financiamento com o Goldman Sachs, tendo dado como garantia a cobertura de 81,2 milhões de acções (classe A) da Altice, segundo informou em comunicado enviado esta segunda-feira, 23 de Novembro, já depois do fecho dos mercados.

 

Entretanto, o Goldman Sachs decidiu alienar as referidas 61 milhões de acções a investidores institucionais por um valor de 13 euros por acção, 8,9% abaixo do valor de fecho dos títulos da Altice na última segunda-feira segundo avançou à Bloomberg uma fonte envolvida no processo.

 

Desde o início do ano, a também dona do Meo já perdeu 18% do seu valor em bolsa devido ao receio, por parte dos investidores, face à dimensão da dívida contraída pela Altice com o objectivo de realizar aquisições, como foi o caso da antiga PT Portugal.

Ver comentários
Saber mais Altice Next Goldman Sachs Patrick Drahi PT Portugal Meo Bolsa
Outras Notícias