Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Anacom permite aos consumidores fazerem sugestões para a sua actuação

É algo inédito para o mercado das telecomunicações. A Anacom, regulador deste sector, resolveu submeter a consulta pública o seu plano de actividades de 2015 a 2017.

Bruno Simão/Negócios
Alexandra Machado amachado@negocios.pt 13 de Maio de 2014 às 17:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...

A Anacom assume a medida como "inovadora". O regulador do sector das comunicações e serviços postais colocou em consulta pública o seu plano de actividades para os anos de 2015 a 2017.

 

"Todos poderão participar e sugerir novas prioridades estratégicas", assegura a Anacom em comunicado. Assim, até os consumidores podem propor eixos de actuação e indicar acções concretas. 

 

"Todos poderão participar e sugerir novas prioridades estratégicas, propor novos eixos de actuação e indicar acções concretas que o regulador deverá prosseguir desde os consumidores aos operadores, passando pelas associações, autarquias, universidades e outros 'stakeholders' relevantes", diz o regulador em comunicado.

 

Esta não é uma prática habitual nos reguladores. A Anacom nunca tinha feito esta consulta pública para aprovar o seu plano de actividades. Para o regulador, liderado por Fátima Barros, "esta abertura à opinião e contributo de todos os interessados constitui uma boa prática e é essencial para melhor estabelecer as prioridades para o futuro, reforçar a transparência da actuação desta Autoridade e ir ao encontro das necessidades sentidas pelo mercado".

 

A consulta pública decorre até 11 de Junho. 

Ver comentários
Saber mais telecomunicações Anacom operadores consumidores Fátima Barros plano de actividade
Outras Notícias