A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Aprovação da fusão da PT com Oi pela concorrência brasileira sem oposição

Já terminou o prazo para eventuais contestações à aprovação pelo CADE (Conselho Administrativo de Defesa Económica) da fusão entre a PT e a Oi.

Miguel Baltazar/Negócios
Alexandra Machado amachado@negocios.pt 04 de Fevereiro de 2014 às 20:18
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

A aprovação por parte da CADE (Conselho Administrativo de Defesa Económica) da fusão entre PT e Oi, no passado dia 14 de Janeiro, poderia, ainda, ser motivo de contestação por terceiros. O que não aconteceu. E assim a aprovação é definitiva.

 

Em comunicado, a Oi explica que já terminou o "prazo para eventual interposição de recursos por parte de terceiros ou avocação do caso pelo Tribunal do Cade" e, durante esse prazo, não houve "qualquer manifestação contrária à decisão".

 

Resulta daqui que a "a decisão do Cade, publicada no dia 14 de Janeiro de 2014, restou plenamente confirmada".

 

O CADE é a entidade que supervisiona a concorrência no Brasil e analisa as operações de concentração, tendo demorado menos de um mês a decidir esta fusão.

 

Em Portugal, a Autoridade da Concorrência já está com o processo em mãos.

Ver comentários
Saber mais Fusão PT Oi concorrência aprovação
Outras Notícias