Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

AT&T poderá oferecer 50 mil milhões de dólares pela DirecTV

A empresa norte-americana de telecomunicações está em “negociações avançadas” para adquirir a empresa de televisão digital, avança a Bloomberg, citando fontes próximas do processo.

A carregar o vídeo ...
Is DirecTV Worth $50 Billion?
Negócios 13 de Maio de 2014 às 09:10
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Há mais uma aquisição a caminho nos Estados Unidos. A Bloomberg adianta que a AT&T poderá adquirir a DirecTV por cerca de 50 mil milhões de dólares (36,3 mil milhões de euros).

 

O plano de aquisição, que está a ser discutido, prevê a manutenção da equipa de gestão da DirecTV, que, a confirmar-se o negócio, poderá passar a ser uma unidade da AT&T.

 

A DirecTV é a maior fornecedora de televisão via satélite nos Estados Unidos. Uma possível aquisição permitirá alargar os serviços da AT&T, que fornece planos de televisão, internet e redes sem-fios (“wireless”). O mercado norte-americano está a diminuir nos Estados Unidos devido à mudança da visualização de conteúdos do ecrã de televisão para o ecrã do computador.

 

O analista da Recon Analytics, Roger Entner, considera que, a concretizar-se este processo, a associação com a DirecTV “poderá garantir uma presença nacional na televisão norte-americana, fornecendo serviços de televisão com rede wireless”, referiu, citado pela Bloomberg.

 

A mesma fonte indica que as negociações estão a mais de uma semana do final. A compra da DirecTV pela AT&T, caso se concretize, terá depois de passar pelo crivo dos reguladores dos Estados Unidos.

 

A compra da Time Warner Cable pela Comcast, por 45 mil milhões de dólares, é o exemplo mais recente. Apesar de as duas empresas terem chegado a acordo a 13 de Fevereiro de 2014, as autoridades continuam a avaliar se o negócio terá o aval da concorrência. Caso seja permitida esta operação, o analista Roger Entner “não vê razões para que não seja autorizada a compra da DirecTV pela AT&T”. 

Ver comentários
Saber mais AT&T DirecTV aquisições Estados Unidos telecomunicações televisão
Outras Notícias