Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

British Telecom inicia negociações exclusivas com a Orange e a Deutsche Telekom

A companhia britânica comunicou que nas próximas semanas tratará de alcançar um acordo com os grupos francês e alemão, donos da EE. O negócio poderá ascender a 12,5 mil milhões de libras.

A carregar o vídeo ...
BT Re-Entering Mobile Market in $19.5B EE Talks
Negócios 16 de Dezembro de 2014 às 12:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A British Telecom (BT) anunciou esta segunda-feira, 15 de Dezembro, a abertura das negociações exclusivas com a Orange e a Deutsche Telekom para comprar o operador móvel britânico Everything Everywhere (EE), segundo confirmou em comunicado o grupo britânico. Desta forma, o grupo espanhol Telefónica e a sua filial O2 ficaram fora dos planos da BT.

 

"Teve mais força o desejo dos alemães e franceses venderem a EE, cujas relações na aliança estavam ultimamente insustentáveis, do que o poder de convicção de César Alierta", presidente da Telefónica, indicaram fontes próximas das negociações citadas pelo jornal El Economista.

 

Num comunicado conjunto, a Orange e a Deutsche Telekom, informaram que ambas as companhias e a BT conversarão nas próximas semanas para vender a totalidade da EE, no valor de cerca de 15.700 milhões de euros, incluída a dívida do operador móvel. O pagamento desta operação deverá ser realizado em dinheiro, bem como através de um pacote de acções deverá representar cerca de 16% do capital da BT.

 

Esta percentagem do capital tem um valor bolsista de cerca de 5,3 mil milhões de libras, pelo que o grupo britânico, previsivelmente, deverá pagar 7,2 mil milhões de libras em dinheiro. Se a operação acabar com êxito, a Deutsche Telekom passará a deter 12% da BT e direito a nomear um conselheiro, enquanto a Orange receberá 4% do capital da companhia britânica.

 

A British Telecom acelerou as conversas no passado fim-de-semana mostrando preferência pela participada das empresas francesa e alemã, uma vez que o preço pela EE era inferior ao que pedia a Telefónica pela O2, sublinharam as fontes do jornal espanhol.

 

"Alemães e franceses estão conscientes de que é agora ou nunca. Perder a oportunidade de vender a EE à British Telecom teria representado um severo contratempo para os interesses da participada franco-alemã", acrescentaram ao El Economista as mesmas fontes.

 

Contudo, a BT salienta em comunicado que a abertura de negociações exclusivas com a Orange e a Deutsche Telekom não implica que avance obrigatoriamente para a compra da EE. Tudo depende dos resultados das conversas que decorrerão nos próximos dias. Além disto, é primordial que os accionistas do grupo britânico aprovem a operação. 

 

Se finalmente a BT fechar o acordo com a Orange e a Deutsche Telekom, a Telefónica deverá procurar outros aliados no Reino Unido. Deste modo, a espanhola estudará outras possibilidades como avançou o El Economista. Estas possibilidades passariam pela aliança com a Talk Talk, um operador de rede fixa e televisão paga.

 

Mas também, existem outras alternativas sobre a mesa, como o grupo Liberty, dono da Virgin Media, que estaria interessado em incorporar o negócio da O2 ao seu portfólio. Além destes dois grupos, não se descarta a Sky, operadora de telecomunicações, através de rede fixa, oferecendo  também serviço de televisão paga. A Sky está a tentar ampliar o seu negócio à rede móvel. Esta última opção poderia ser do interesse da Telefónica, pois a espanhola está à procura de desenvolver o negócio de televisão.

 

Ver comentários
Saber mais british Telecom BT Orange Deutsche Telekom Everything Everywhere César Alierta EE Reino Unido Talk Talk grupo Liberty Virgin Media O2 economia negócios e finanças tecnologias de informação telecomunicações
Mais lidas
Outras Notícias