Research CaixaBI estima que Nos tenha obtido lucros de 20,3 milhões de euros

CaixaBI estima que Nos tenha obtido lucros de 20,3 milhões de euros

O banco de investimento estima uma quebra homóloga do resultado líquido no primeiro trimestre devido à Zap e às maiores depreciações e amortizações, mas antecipam uma subida das receitas.
CaixaBI estima que Nos tenha obtido lucros de 20,3 milhões de euros
Miguel Baltazar/Negócios
Rui Barroso 20 de abril de 2016 às 10:51

Os analistas do CaixaBI esperam que a Nos tenha lucrado 20,3 milhões de euros nos primeiros três meses do ano, uma diminuição de 12,5% face ao mesmo período de 2015, mas um aumento de 120,7% em relação aos últimos três meses do ano passado. Na base da estimativa da descida homóloga do lucro estarão os menores resultados em "joint ventures" e um valor mais elevado de depreciações e amortizações.

"Antecipamos que o resultado líquido seja de 20,3 milhões de euros, diminuindo face ao período homólogo principalmente por via do aumento de depreciações e amortizações e da queda do resultado de joint ventures", referiu o analista Artur Amaro, numa nota a investidores. "Pela negativa, uma vez mais salientamos o contributo negativo das "joint ventures", nomeadamente da ZAP, embora a melhoria nas divisões de Cinema & Audiovisuais deva compensar parcialmente esse efeito", acrescenta.

EBITDA e receitas com crescimento "interessante"

Apesar de esperar uma descida homóloga do lucro, o CaixaBI estima uma evolução positiva do resultado antes juros, impostos, depreciações e amortizações (EBITDA) e também das receitas.

As estimativas do banco pressupõem uma subida homóloga do EBITDA de 5% para 134,3 milhões de euros. Já as receitas consolidadas terão tido um ritmo de crescimento semelhante. O CaixaBI espera uma subida homóloga de 5% para 361,3 milhões de euros. Tanto para o EBITDA como para as receitas, o banco classifica o ritmo de crescimento como "interessante".

O CaixaBI espera ainda que o investimento permaneça em níveis elevados. "O capex é expectável que permaneça elevado (100 milhões de euros), em linha com os últimos trimestres, à medida que a Nos ambiciona cristalizar a sua quota de mercado".

O banco de investimento tem uma recomendação de "comprar" para os títulos com um preço-alvo de 7,50 euros. As acções da empresa liderada por Miguel Almeida desvalorizam 0,59% esta quarta-feira para 6,08 euros. A Nos mostra os resultados ao mercado a 26 de Abril, após o fecho do mercado.

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de "research" emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de "research" na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI