Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Director de finanças e relações com investidores da Oi deixa o cargo

Flavio Guimarães renunciou ao cargo na operadora de telecomunicações brasileira. Ricardo Malavazi Martins vai substituí-lo, deixando assim de ser administrador.

Reuters
Negócios 13 de Setembro de 2016 às 01:16
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Flavio Nicolay Guimarães apresentou esta segunda-feira, 12 de Setembro, a sua renúncia ao cargo de director de finanças e relações com investidores da Oi, informou a operadora em comunicado ao regulador.

 

Em substituição de Flavio Guimarães, a administração da Oi elegeu para o cargo Ricardo Malavazi Martins, "o qual renunciou à sua posição de membro do conselho de administração da companhia", refere o documento.

 

Na sexta-feira passada houve outra "mexida" no "board" da operadora. Marcos Grodetzky, que estava como administrador independente da companhia há três meses, renunciou no dia 9 de Setembro aa ao cargo.

 

Grodetzky, recorde-se, era um dos nomes cuja saída do órgão era reclamada pelo accionista Société Mondiale, que incluía também membros ligados à portuguesa Pharol. 

Os motivos da saída não são conhecidos, tal como o nome do responsável que lhe sucederá. Com cerca de três décadas de experiência no sector financeiro, Grodetzky estava na administração desde 13 de junho, tendo sucedido a Robin Bienenstock como seu suplente. 

A Société Mondiale tentou marcar para 8 de Setembro duas assembleias-gerais para destituir os administradores ligados à Pharol e iniciar processos judiciais contra eles, reuniões magnas que foram suspensas pela justiça brasileira, que obrigou as partes a entrarem num processo de mediação.


Na semana passada os credores representados pela Moelis (detentores de 40% dos títulos de dívida da Oi) recusaram o plano de recuperação judicial apresentado pela operadora, alegando que não se adequa aos interesses dos obrigacionistas.

Ver comentários
Saber mais Flavio Nicolay Guimarães Ricardo Malavazi Martins Marcos Grodetzky Société Mondiale Oi
Mais lidas
Outras Notícias