Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo está a analisar fim do contrato com a Nos

O presidente da Anacom está confiante que o Governo vai dar seguimento à recomendação de revogar o contrato com a Nos do serviço universal. O Executivo diz que ainda “está a analisar a contactar os operadores”.

A Nos poderá ter menores necessidades de investimento nos próximos anos o que, a par com as perspectivas de subida do EBITDA, poderá ajudar a melhorar o valor do dividendo por acção. Segundo o CaixaBank BPI, esse valor poderá mesmo duplicar em três anos sem ter impacto significativo na alavancagem. A empresa liderada por Miguel Almeida considera que o rácio de dívida líquida duas vezes acima do EBITDA é um nível conservador. Em relação à posição no mercado, o 'feedback' foi de que a evolução dos preços será favorável apesar de ser difícil manter subidas da dimensão das verificadas em 2017. A Nos também indicou que atingiu a meta de ter um quota de mercado de 30% antes do prazo. Já em relação à compra da Media Capital pela Altice, a Nos está a monitorizar esse processo de perto e antecipa que o regulador tenha de impor remédios significativos para salvaguardar a concorrência. A estratégia da Nos em relação a este ponto está dependente de uma maior clareza de qual será a decisão do regulador.
Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 14 de Dezembro de 2017 às 22:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Depois de ter recomendado ao Governo o fim do contrato com a Nos para o serviço universal de telefone fixo, o presidente da Anacom acredita que o Executivo "ouviu a recomendação" e deverá "tomar as decisões necessárias" para abrir um processo negocial com a operadora Um passo que a ser tomado, será "com recurso a arbitragem", acrescentou Cadete de Matos, num encontro com a imprensa.

Contactado pelo Negócios, fonte oficial do Ministé...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais João Cadete de Matos Anacom Governo Nos serviço universal
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias