Telecomunicações Granadeiro não foi à AG da Pharol, mas tentou suspendê-la
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Granadeiro não foi à AG da Pharol, mas tentou suspendê-la

Os accionistas da Pharol aprovaram com 99,9% dos votos os processos contra a ex-gestão da PT, apesar da tentativa do ex-CEO da empresa, Henrique Granadeiro, em suspender a assembleia-geral. Novos acções, contra o BES por exemplo, também estão em aberto.
Pedro Elias Pedro Elias Pedro Elias Pedro Elias Pedro Elias/Negócios Pedro Elias Pedro Elias/Negócios Pedro Elias/Negócios Pedro Elias/Negócios Pedro Elias/Negócios
Pedro Elias - Fotografia
Sara Ribeiro 03 de agosto de 2015 às 00:01

"Uma assembleia mais de advogados do que accionistas". Este foi o comentário de alguns dos investidores presentes na assembleia-geral da Pharol que decorreu na sexta-feira, no hotel Sheraton, e que aprovou os processos contra ex-gestores da

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI