Telecomunicações Mobileum. Quem é a empresa que comprou a WeDo Technologies à Sonae?

Mobileum. Quem é a empresa que comprou a WeDo Technologies à Sonae?

A empresa norte-americana, fundada no mesmo ano que a WeDo Technologies, prepara-se para pagar até quase 100 milhões de dólares pela empresa do grupo Sonae.
Mobileum. Quem é a empresa que comprou a WeDo Technologies à Sonae?
Rui Paiva é o CEO da WeDo
Inês Gomes Lourenço
Rafaela Burd Relvas 11 de julho de 2019 às 10:10
Ao fim de quase duas décadas desde a sua fundação, a Sonaecom vendeu a WeDo Technologies, numa operação que poderá totalizar perto de 100 milhões de dólares. A compradora é a Mobileum, uma empresa norte-americana que fornece soluções de roaming e de serviços financeiros no setor das telecomunicações.

Sediada em Lisboa, a WeDo Technologies nasceu no seio do grupo Sonae, em 2001, e demorou seis anos a chegar ao mercado norte-americano. A expansão tem sido global: atualmente, conta com mais de 600 profissionais espalhados por escritórios na Europa, Estados Unidos, Ásia-Pacífico, Médio Oriente, África e América Central e do Sul. Os clientes desta multinacional de software de gestão de riscos e gestão empresarial estão distribuídos por 105 países.

É agora vendida por 70 milhões de dólares (62,45 milhões de euros), uma componente fixa à qual pode acrescer uma componente variável de até 27 milhões de dólares (24,08 milhões de euros), dependendo do desempenho do negócio.

Foi também em 2001 que a Mobileum, a empresa norte-americana que se prepara para desembolsar estes montantes, foi fundada. Nesse ano, ainda tinha o nome de Roamware e focava a atividade no desenvolvimento de soluções de roaming para potenciar o aumento de receitas dos seus clientes.

Desde então, a estratégia tem passado por aquisições no setor das tecnologias, chegando a 2010 como uma das empresas de crescimento mais acelerado dos Estados Unidos. A atividade foi entretanto alargada e, atualmente, a Mobileum oferece várias soluções e software, incluindo serviços financeiros, para o universo móvel. Os serviços oferecidos vão desde o roaming até soluções para gestão de risco, passando pela área da segurança móvel.

Mais recentemente, apostou também na área da análise de dados, recorrendo a tecnologias de inteligência artificial para oferecer soluções de gestão e de prevenção de risco.

Em 2016, quando já estava presente em 170 países, foi comprada pelo grupo de investimento Audax, mantendo o nome Mobileum.

As ações da Sonaecom sobem 1,6% para 2,54 euros.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI