Telecomunicações Orange pode comprar Jazztel em Espanha se vender rede de fibra

Orange pode comprar Jazztel em Espanha se vender rede de fibra

A Comissão Europeia autorizou a compra da Jazztel pela Orange em Espanha, mas a operadora francesa tem de vender a sua rede de fibra óptica.
Orange pode comprar Jazztel em Espanha se vender rede de fibra
Bloomberg
Alexandra Machado 19 de maio de 2015 às 11:31

A Jazztel vai passar para o universo Orange. A Comissão Europeia autorizou o negócio, ainda que tenha imposto condições. 

 

A Orange comprometeu-se junto de Bruxelas a desinvestir na rede de fibra óptica que cobre 700 a 800 mil casas, uma rede que cobre 13 zonas urbanas nas cinco maiores cidades espanholas: Madrid, Barcelona, Valência, Sevilha e Málaga. A Orange comprometeu-se, ainda, a dar acesso grossista (a outros operadores) à rede de ADSL (rede em cobre) da Jazztel por oito anos a quem comprar a rede de fibra óptica. O que significa que quem comprar a rede de fibra óptica da Orange em Espanha terá acesso imediato a 78% do território espanhol. 

 

Mas mais do que isso o comprador da rede terá, ainda, acesso à rede móvel da Orange em Espanha, incluindo serviços de quarta geração, para que possa ter ofertas convergentes, incluindo móvel e fixo. 

 

Com isto a Comissão Europeia acredita que "um quarto operador a nível nacional possa entrar no mercado espanhol e possa concorrer efectivamente nos mercados que integram o acesso à internet. E respondem, totalmente, às preocupações concorrenciais levantadas com a fusão".

 

A compra da Jazztel pela Orange, um negócio avaliado em 3,4 mil milhões de euros, foi notificada em Outubro do ano passado, tendo passado a investigação aprofundada em Dezembro desse ano. Esta terça-feira, 19 de Maio, a Comissão Europeia comunica ter aprovado o negócio, aprovação sujeita a condições. 

 

No início deste mês, a Orange já tinha admitido que estava em negociações com potenciais compradores da rede de fibra. A Reuters acrescentava como potenciais compradores a Yoigo, detida pela Teliasonera, ou companhias de cabo regionais como a Euskaltel ou a R, detidas por fundos de investimento. Pequenas operadoras móveis como a Masmovil, que já compra capacidade da rede à Orange, podem também ser opção, acrescentava a Reuters.

 

Esta compra vai permitir à Orange aumentar a sua quota de mercado na banda larga em 14%. A Orange é o terceiro maior operador, em receitas, em Espanha.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI