Telecomunicações Porto multiplica por 10 a velocidade das comunicações sem fios

Porto multiplica por 10 a velocidade das comunicações sem fios

Investigadores do INESC TEC, do Porto, participam num consórcio internacional que acaba de demonstrar, pela primeira vez a nível mundial, velocidades de transmissão que atingiram uma velocidade de 10 gigabits por segundo.
Porto multiplica por 10 a velocidade das comunicações sem fios
Kacper Pempel/Reuters
Rui Neves 26 de julho de 2018 às 10:53

O Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC), do Porto, integra um grupo de 11 parceiros internacionais que, três anos e quatro milhões de euros (financiados pela Comissão Europeia) depois, demonstrou, pela primeira vez a nível mundial, velocidades de transmissão que atingiram uma velocidade de 10 gigabits por segundo, quando o normal é 1gigabit por segundo.

 

"Tudo graças a uns dispositivos chamados RTDs (em português "díodos de túnel ressonantes" e em inglês "resonant tunneling diode"), que consistem em novas tecnologias transmissoras sem fios, com a aparência de pequenos chips, com baixo custo e energeticamente eficientes, que permitem transmissão de dados ultrarrápida integrada com rede de fibra óptica", revela o INESC TEC, em comunicado.  


 

Testados nos laboratórios da Universidade de Glasgow a uma frequência de funcionamento de 300 giga-hertz e nos do INESC TEC a 100 giga-hertz (os valores normais no "wi-fi" variam entre 2.4 ou 5 giga-hertz),"o que falta para os RTDs produzidos serem colocados no mercado é um processo de industrialização da tecnologia", sublinha a mesma fonte.

 

"Num futuro próximo, entre 5 a 10 anos, vai ser possível colocar estes microchips em dispositivos, como por exemplo, telemóveis. As condições para o seu fabrico foram criadas neste projecto de investigação e desenvolvimento, mas as universidades e institutos de investigação não têm capacidade para fabricar estes circuitos integrados em série, isso tem que partir da indústria", explica Luís Pessoa, investigador do Centro de Telecomunicações e Multimédia do INESC TEC.