Telecomunicações PT quer medir forças com multinacionais na "nuvem"

PT quer medir forças com multinacionais na "nuvem"

Além dos 16 GB que disponibiliza na "nuvem" a todos os portugueses, operadora quer concorrer com Dropbox e Wetransfer na transferência de ficheiros.
PT quer medir forças com multinacionais na "nuvem"
Sara Matos/Negócios
Alexandra Machado 26 de setembro de 2013 às 00:06

Dropbox ou Wetransfer. Dois serviços de armazenamento e de transferência de ficheiros internacionais com quem a Portugal Telecom quer medir forças. Lançou o Meo Cloud, com 16 GB (gigabytes) gratuitos para todas as pessoas que se registarem, com o serviço Upload2me associado. O Upload2me não é mais do que a transferência de ficheiros de um ponto para outro.

 

Para se ter acesso aos 16 GB só tem de se fazer o registo no "site" meocloud.pt. Já não é necessário haver um convite. Qualquer pessoa, segundo a PT, pode aceder a este serviço, mesmo não sendo cliente da operadora. É dentro da sua conta que pode guardar ficheiros de música, vídeos, ou qualquer outro tipo até ao limite de 16 GB. Para transferir ficheiros para outras pessoas tem de se utilizar o Upload2me que tem, segundo informou a PT ao Negócios, um limite máximo para o ficheiro que se quer transferir de 2GB (gigabytes). Não há, no entanto, qualquer limite para o número de ficheiros a enviar.

 

O Meo Cloud, segundo explica a PT, tem outras funcionalidades, além do Upload2Me. O serviço já tem aplicações para os iPhone, os telemóveis com sistemas operativos Android, OSX, Windows e está em versão de teste a aplicação para o Windows Phone 8. Uma outra funcionalidade, que a PT diz ter sido solicitada, é o Selective Sync, que é a possibilidade de identificar as pastas que se quer sincronizar nos diferentes dispositivos. A PT garante, ainda, que foi refeita a área de ajuda, para se tornar mais fácil e participativa.

 

A Portugal Telecom diz, ainda, que vai "lançar a possibilidade de se adquirir mais espaço, a preços competitivos", mas não avança datas. A PT anunciou a conversão da Cloud PT para Meo PT, abrindo os servidores a todas as pessoas. Haverá, no futuro, também funcionalidades "premium", ou seja, pagas.

 

O fim da fase piloto, em que os registos eram feitos apenas por convites, coincidiu com o início da operação do centro de dados da PT na Covilhã, que nesta primeira fase vai ter 12.500 servidores.

 

A PT assegura que a sua oferta já se distingue dos concorrentes internacionais. Garante que "a Meo Cloud é já, substancialmente, mais rápida do que os serviços concorrentes" e "já lançámos e pretendemos continuar a lançar funcionalidades diferenciadoras sobretudo (mas não só), para clientes da PT, nomeadamente ao nível da integração com outros serviços Meo (televisão, Meo Kanal, Music Box, etc.)". Para a PT outra diferenciação é "a proximidade e o contacto que mantém com os utilizadores".

 

Para já a debilidade é ser um serviço que está disponível apenas em língua portuguesa, mas a PT tem a intenção de passar para outras línguas, não apenas a inglesa. Ainda assim garante que já tem utilizadores de países que não têm a língua portuguesa. É que as aplicações para computador e para telemóveis adaptam-se à língua do sistema operativo instalado se estiver em inglês.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI