Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PT recupera de mínimos de 1996 após Oi anunciar encaixe de 820 milhões

A operadora conseguiu terminar a sessão desta segunda-feira a negociar em terreno positivo, apreciando 1,48% e recuperando de mínimos de Janeiro de 1996 após a Oi anunciar o encaixe de 820 milhões com dois negócios no Brasil.

Inês Balreira inesbalreira@negocios.pt 15 de Julho de 2013 às 17:59
  • Partilhar artigo
  • 6
  • ...

A Portugal Telecom (PT) esteve a negociar no vermelho em grande parte da primeira sessão da semana, chegando a perder 5,06%, para 2,573 euros, sendo necessário recuar a Janeiro de 1996 para ver a empresa liderada por Henrique Granadeiro transaccionar neste valor.

 

A negociação da operadora foi penalizada nesta sessão por uma nota de investimento do Exane BPN Paribas, que reduziu o preço-alvo da PT em 38% para 2,60 euros e a recomendação, que desceu de “neutral” para “underperform”.

 

Como justificação, o banco de investimento francês refere que a Oi, participada brasileira da PT e para a qual Zeinal Bava se transferiu recentemente, enfrenta uma fase de elevado investimento e baixo crescimento. O BPN aponta mesmo que pode ser necessário um aumento de capital.

 

Na recta final da sessão, a operadora de Henrique Granadeiro conseguiu inverter a tendência e fechou a apreciar 1,48% para 2,75 euros por título, beneficiando da notícia que a Oi ia encaixar 820 milhões de euros com dois negócios no Brasil.

 

A empresa agora liderada por Zeinal Bava anunciou  a venda da GlobeNet à BTG Pactual por 1,75 milhões de reais (589 milhões de euros) e a concessão de duas mil torres de telecomunicações por 687 milhões de reais (231 milhões de euros). A notícia levou as acções da operadora brasileira dispararem mais de 5%.

Ver comentários
Saber mais PT Oi BPN Paribas
Outras Notícias