Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Saída da PT da Contax no âmbito da fusão com a Oi aprovada pela concorrência brasileira

A reorganização societária que faz a Portugal Telecom sair do capital da Contax, empresa de call centers, no âmbito da fusão com a Oi já foi aprovada pelo CADE - Conselho Administrativo da Defesa Económica, a concorrência brasileira.

Miguel Baltazar/Negócios
Alexandra Machado amachado@negocios.pt 08 de Janeiro de 2014 às 10:54
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

A fusão da PT com a Oi está a avançar. De forma quase silenciosa, mas as aprovações vão começando a surgir.

 

A primeira veio do CADE - Conselho Administrativo de Defesa Econômica, a entidade supervisora da concorrência brasileira e que tem de analisar os actos de concentração naquele país. De acordo com o Diário Oficial do Brasil, consultado pelo Negócios,a operação que leva a PT a sair da Contax foi aprovada "sem restrições".

 

De acordo com o requerimento com o pedido de aprovação, esta operação tem como "objectivo permitir que a Portugal Telecom deixe de ter participação em sociedades de 'contact center' e concentre seus investimentos no Brasil exclusivamente em actividades de telecomunicações por meio da Oi, operadora com a qual pretende se fundir".

 

Por meio desta operação, o controle da Contax passe a ser exercido pelos grupos AG (andrade Gutierrez) e LF (Jeressaiti), em conjunto com o outro accionista controlador, a Fundação Atlântico de Seguridade Social.

 

Quando foi anunciada a fusão da PT com a Oi, foi comunicado que a PT iria fazer uma troca de acções da Contax, deixando de ser accionista desta entidade, permutando com acções da AG Telecom e LF Telecom.

Ver comentários
Saber mais PT Conselho Administrativo de Defesa Econômica CADE Oi Contax telecomunicações
Outras Notícias