Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Telecom Italia quer 13 mil milhões de euros pela sua participação na Tim

A operadora italiana quer 13 mil milhões pela sua participação de 67% na Tim, um valor superior à capitalização bolsista da empresa, que totaliza 10,9 mil milhões de euros.

Rita Faria afaria@negocios.pt 09 de Setembro de 2014 às 12:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...

A Telecom Italia exigirá, no mínimo, 13 mil milhões de euros pela sua participação maioritária na Tim, a operadora brasileira que está na mira da Oi e da América Móvil, avança esta terça-feira, 9 de Setembro, a Bloomberg, citando fontes próximas do processo. 

 

Uma vez que a participação da italiana é de 67% da Tim, esse preço atribui ao conjunto da empresa um valor de cerca de 20 mil milhões de euros – que compara com a capitalização bolsista de cerca de 10,9 mil milhões de euros, de acordo com as cotações de fecho da sessão de ontem. Ou seja, a italiana está a avaliar a empresa em quase o dobro do seu valor no mercado.

 

A noticia surge na sequência da informação confirmada ontem pelo administrador financeiro da América Móvil de que a empresa está em conversações com a Oi para apresentarem uma proposta conjunta para a compra da Tim.

 

As empresas ainda não terão chegado a um acordo formal, segundo o administrador financeiro da empresa de Carlos Slim, Garcia-Moreno.

  

A proposta conjunta da Oi, liderada por Zeinal Bava, e da América Móvil surge depois de concluída a disputa entre a Telefónica e a Telecom Italia pela compra da brasileira GVT, que deu vitória à operadora espanhola.

 

A eventual aquisição da Tim pela América Móvil e a Oi permitirá às duas empresas ganharem quota de mercado no Brasil, dividindo entre si os activos da segunda maior operadora de telecomunicações móveis do país. Já a Telecom Italia, que perdeu a "guerra" pela GVT, poderá desfazer-se brevemente da Tim Participações. 

Ver comentários
Saber mais Telecom Italia América Bloomberg Carlos Slim Zeinal Bava Brasil GVT bolsa
Outras Notícias