Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Telecom Italia vai investir 14,5 mil milhões de euros até 2017

O grupo Telecom Italia pretende investir 14,5 mil milhões de euros nos próximos três anos. 4 milhões de euros serão alocados no Brasil, o segundo maior mercado da operadora que detém a Tim, na expansão das redes 4G e 3G.

Bloomberg
Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 20 de Fevereiro de 2015 às 14:27
  • Partilhar artigo
  • 4
  • ...

A Telecom Italia, a quinta maior operadora de telecomunicações europeia em receitas, aprovou esta sexta-feira o plano de investimentos para os próximos três anos.

 

De acordo com um comunicado divulgado no seu site até 2017 o grupo italiano tem planos de investir 14,5 mil milhões de euros, um aumento face ao último plano de investimentos (2012 a 2014).

 

Deste montante 10 milhões de euros serão aplicados em Itália, mercado que representa a maior parte das receitas do grupo. Uma fatia de 3 milhões será aplicada no desenvolvimento de fibra óptica no país de origem do grupo, o que representa um aumento de 1,1 milhões face ao anterior plano de investimento.

 

No Brasil, o segundo mercado principal da empresa e onde detém a operadora Tim, de 2015 a 2017 prevê aumentar o investimento para 4 milhões de euros.  

 

Este montante será utilizado para expandir a cobertura de rede 4G no Brasil para 15 mil sites e a de 3G para 14 mil até 2017.

 

O financiamento dos investimentos no Brasil vão ser feitos "através das vendas de torres que concluímos e com a redução dos dividendos para o mínimo exigido por lei No Brasil", disse esta sexta-feira presidente da Telecom Italia, Marco Patuano,

numa teleconferência com analistas e investidores.

 

Questionado sobre a eventual aliança com a Oi, o responsável respondeu que a sua agenda de momento está muito preenchida, não tendo espaço ou tempo extra para este dossier, segundo a Reuters. 

 

A Telecom Italia divulgou esta sexta-feira que registou uma queda nas receitas e nos lucros em 2014.

 

De acordo com os valores divulgados, ainda não auditados, as receitas do grupo italiano caíram 5,4% para 21,5 mil milhões de euros. Os lucos antes de impostos, jutos e amortizações (EBITDA) seguiram a mesma tendência, tendo diminuído 6,8% para 8,8 mil milhões de euros. 

Ver comentários
Saber mais Telecom Italia Brasil Tim presidente da Telecom Italia Marco Patuano telecomunicações
Outras Notícias