Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Telefónica tem menos de 2% da PT, Société Générale reforça a posição

A espanhola Telefónica, que já foi dona de 10% da PT, desinvestiu na operadora portuguesa. Já o francês Société Générale aumentou a sua participação.

  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Há mudanças na estrutura accionista da Portugal Telecom. A Telefónica deixou de ser detentora de mais de 2% da operadora ao passo que o Société Générale superou essa fasquia.

 

A espanhola Telefónica, que chegou a ser a maior accionista com 10% da empresa, detém 0,94% de acções da PT sendo que chega a uma posição de 1,97% através de instrumentos financeiros que tem na operadora nacional.

 

A redução da posição económica longa da Telefónica na cotada liderada por Zeinal Bava, comunicada esta quarta-feira, 9 de Maio, num documento à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), foi concretizada através da alienação de 518 mil acções ordinárias da PT e da venda de uma posição económica correspondente a um milhão de títulos, através de transacções sobre opções da empresa (instrumentos financeiros mais complexos que as acções ordinárias).

 

A Telefónica tinha, em 2010, uma posição de 10% mas acabou por vender 8% dessa participação na Portugal Telecom para facilitar a aquisição da brasileira Vivo.

 

Em sentido inverso caminhou o francês Société Générale, que superou os 2% na operadora. O banco adquiriu 10 milhões de acções da PT “no âmbito da sua actividade normal de ‘trading’ [negociação]” passando a deter uma posição económica de 2,65% do capital social e direitos de voto da operadora dona do Meo. Neste caso, uma posição de 1,31% é detida através de acções ordinárias e o restante por instrumentos financeiros.

 

Os principais accionistas da operadora portuguesa, com cerca de 10% do capital cada, são o Grupo Espírito Santo, a Ongoing e a Oi.

Ver comentários
Saber mais Portugal Telecom Telefónica Société Générale Zeinal Bava
Mais lidas
Outras Notícias