Telecomunicações Verizon prevê "quarta revolução industrial" com o 5G

Verizon prevê "quarta revolução industrial" com o 5G

As possibilidades do 5G vão provocar a quarta revolução industrial, afirma o CEO da Verizon Consumer, Ronan Dunne.
Verizon prevê "quarta revolução industrial" com o 5G
Bloomberg
Ana Batalha Oliveira 05 de novembro de 2019 às 11:09

A quarta revolução industrial. O mesmo que a televisão foi para a rádio. Não apenas mais um ‘G’. Não apenas um "cavalo" mais rápido. Uma tecnologia totalmente nova que inaugura uma nova era de transformação e que vai reformular tudo, dos negócios à sociedade.

Foi desta forma que o presidente e CEO da Verizon Consumer, Ronan Dunne, introduziu a tecnologia 5G, para depois apresentar mais detalhadamente as capacidades que acrescenta à tecnologia que vem substituir: o 4G.

Sumariamente, permite não só a conexão entre indivíduos e dispositivos mas também entre dispositivos. Mais especificamente, aumenta a velocidade da transmissão de dados em 10 vezes, consegue transportar um volume de dados 100 vezes maior, consegue conectar 10 vezes mais dispositivos em simultâneo e reduz o tempo de reação a menos de 10 milissegundos. "A diferença entre um ‘ups’ e uma queixa à seguradora", uma vez que permite a um carro que viaje a 100 quilómetros parar num espaço de 10 centímetros em vez de 1,2 metros, apontou.

Contudo, uma das capacidades da rede de quinta geração que foi mais destacada pelo CEO da gigante de telecomunicações foi a eficiência energética permitida pelo 5G, também 10 vezes superior àquela permitida pelo 4G. Neste ponto, o líder da Verizon salientou que a empresa está empenhada em travar as alterações climáticas e sublinhou que acredita na inovação como chave para combater este problema. No final, apelou à audiência que se empenhasse também na causa e que aderisse à campanha Global Goal Live, apoiada pela empresa. Porque "não há planeta B".

No dia anterior, o presidente da Huawei, Guo Ping, foi um dos oradores a inaugurar o palco do Web Summit, para falar do mesmo tema, o 5G. Para o líder da Huawei, esta tecnologia representa uma "oportunidade de ouro" para as outras indústrias, com potencial para dar um "empurrão" semelhante ao concedido pela eletricidade quando surgiu.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI