Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vodafone e Verizon deverão anunciar negócio de 130 mil milhões de dólares

A operadora norte-americana ofereceu 130 mil milhões de dólares à Vodafone para comprar os 45% que os britânicos detêm da Verizon Wireless, que é maior operadora móvel dos EUA.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 02 de Setembro de 2013 às 11:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A Vodafone anunciou que está em negociações “avançadas” para ceder 45% do capital que detém na Verizon Wireless à casa-mãe da operadora móvel norte-americana. Em contrapartida irá receber 130 mil milhões de dólares (98,3 mil milhões de euros), segundo comunicado citado pela Bloomberg.

 

A operadora Verizon está mais próxima de pôr termo a uma parceria que procurava terminar há cerca de 10 anos, adquirindo os 45% que a Vodafone detém na sua subsidiária pelas telecomunicações móveis. A operação será paga com dinheiro e acções da Verizon e pode ser oficializada ainda esta segunda-feira.

 

O anúncio da operadora do Reino Unido surge numa altura em que a actividade de fusões e aquisições (M&A) no sector das telecomunicações tem vindo a intensificar-se. Após a oferta da Telefónica pela operadora alemã E-Plus, o mexicano Carlos Slim apresentou uma oferta pública de aquisição (OPA) pela holandesa KPN.

 

A Verizon Wireless é a maior operadora móvel dos Estados Unidos da América (EUA) com 98,9 milhões de clientes, segundo o “The New York Times”, o que compara com os 77,9 milhões da AT&T. O Bernstein Research diz que o destino que a Vodafone der ao dinheiro e às acções irá sinalizar quais poderão ser os próximos passos da operadora no mercado de M&A.

 

“Uma decisão de entregar as acções da Verizon imediatamente aos investidores iria indicar-nos que um segundo negócio com a AT&T está no horizonte”, diz a analista Robin Bienenstock em nota de análise a que o Negócios teve acesso. Uma operação que, a ocorrer, “não será barata”, acrescenta, avaliando a Vodafone em 250 pence (2,50 libras esterlinas) por acção.

 

A aquisição pela operadora norte-americana ocorrerá a um preço que quase supera a capitalização bolsista da Verizon, que é de 135,6 mil milhões de dólares. Contudo, os norte-americanos irão extraír mais 21,8 mil milhões de dólares em resultados operacionais anuais, segundo a Bloomberg.

 

Um montante que permitirá cobrir os custos de financiamento adicionais em que vai incorrer, quando emitir obrigações no valor de 65 mil milhões de dólares. A Reuters avança que a Vodafone vai receber 60 mil milhões de dólares em dinheiro, 60 mil milhões em acções da Verizon e outros 10 mil milhões relativos a uma série de transacções de menor dimensão.

 

As acções da operadora britânica seguem a valorizar 3,68% para 213,85 pence ("pence" é o plural que "penny" que é a centésima parte da libra esterlina). As acções da norte-americana Verizon encerraram a sessão de sexta-feira a recuar 0,98% para 47,38 dólares.

 

(Notícia actualizada às 11h19 com detalhes sobre operação e capitalização bolsista da Verizon)

Ver comentários
Saber mais Verizon Vodafone Verizon Wireless AT&T
Outras Notícias