Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vodafone passa a ser o patrocinador principal do Rock in Rio Lisboa

A Vodafone será o principal patrocinador do Rock in Rio 2014, em Lisboa. Roberta Medina diz que o Millennium bcp ainda poderá ser patrocinador oficial, mas esta questão ainda não está fechada. O investimento total do evento será de 25 milhões de euros.

Fernando Ferreira/Correio da Manhã
Alexandra Machado amachado@negocios.pt 02 de Agosto de 2013 às 12:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • 9
  • ...

A Vodafone passa a ser patrocinador principal do Rock in Rio 2014, em Lisboa, depois do Millennium bcp ter reequacionado os patrocínios. O valor do investimento não foi revelado.

 

Tal como o Negócios noticiou a 15 de Maio, o banco, que era o patrocinador principal deste evento, só se voltava a associar ao Rock in Rio se conseguisse baixar o custo.

 

Roberta Medina revelou, durante a conferência de imprensa conjunta com a Vodafone para a apresentação do Rock in Rio 2014, que ainda não está fechada a possibilidade do BCP ser patrocinador oficial do evento.

 

No entanto assumiu que foi o Millennium bcp que não quis continuar como patrocinal principal, já que a empresa dá sempre prioridade ao patrocinador anterior na tomada de decisão. 

 

Roberta Medina, vice-presidente da empresa organizadora, escusando-se a revelar os valores dos patrocínios (também a Vodafone não quis dizer quanto vai investir), disse no entanto que o custo do festival é de 25 milhões de euros, valor que se pretende ir buscar aos patrocínios e bilhetes. Estes vão custar na edição de 2014 os mesmos 61 euros da edição anterior e espera-se 300 mil visitantes. O que significa que só em bilheteira as receitas podem atingir (considerando os 300 mil) 18 milhões de euros. 

 

Mário Vaz, presidente da Vodafone, explicou que passar a patrocinador principal não implica um maior valor total de investimento da verba destinada aos patrocínios. A música representa 50% desse valor, mas não falou em números. Por outro lado, apesar deste reforço no Rock in Rio, Mário Vaz não descarta a manutenção do patrocínio no próximo ano ao Paredes de Coura. 

 

O Rock in Rio em 2014 vai decorrer a 23 e 25 de Maio e no fim-de-semana de 30 e 31 de Maio e 1 de Junho do próximo ano. A razão de não haver dia 24 de Maio é o de se jogar nesse dia, no Estádio da Luz, a final da Champions. Roberta Medina fala do evento de 2014 como edição muito especial, já que comemora 10 anos em Portugal, o primeiro destino da internacionalização.

 

Roberta Medina diz que há negociações avançadas para se realizar o evento em Las Vegas em 2015, decorrendo negociações para levar o Rock in Rio a Berlim e a Lima (Peru). Este ano realiza-se no Rio de Janeiro, no próximo mês de Setembro. 

 

A empresária fala, ainda, do Rock in Rio Portugal como "uma grande exportadora portuguesa", nomeadamente de "know how" e até alguns fornecedores nacionais que estão no evento do Rio de Janeiro. A empresa estima que o investimento de 100 milhões de euros das cinco edições do Rock in Rio em Portugal tenha gerado um impacto económico superior a 300 milhões de euros. Ou seja, cada euro de investimento é convertido em três euros para a economia, disse Roberta Medina, com base num estudo feito em 2008 pela Universidade Católica.

 

Ao longo das edições, o festival gerou cerca de 45 mil empregos directos e indirectos e recebeu 1,7 milhões de espectadores. O objectivo para a edição de 2014 é chegar aos 300 mil, para que o acumulado das edições atinja os dois milhões. O Brasil atingiu este ano os sete milhões de espectadores no acumulado das edições. 

 

Não foram divulgados, ainda, nomes que vão constar do cartaz dos cinco dias de Rock in Rio Lisboa 2014. Também para mais tarde foi remetida a divulgação dos patrocinadores oficiais (com valores de investimento mais baixos do que o principal), que deverão ser quatro. 

 

(Notícia actualizada às 14h20 com mais informações reveladas na conferência de imprensa)

Ver comentários
Saber mais Vodafone Rock in Rio Roberta Medina
Outras Notícias