Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Moody's coloca "rating" da Oi em revisão para possível descida

A Moody's colocou a notação da Oi em revisão para possível descida. E, por arrasto, a mesma acção foi tomada para a PT Internacional Finance, já que a sua dívida está toda garantida pela operadora brasileira.

Bruno Simão
Alexandra Machado amachado@negocios.pt 18 de Julho de 2014 às 14:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

Apesar do acordo entre PT e OI, a dívida da Rioforte ainda se mantém na empresa brasileira. E, por isso, a Moody's colocou sob revisão os ratings da Oi e da PT International Finance (PTIF), uma subsidiária da PT Portugal que hoje é uma empresa da Oi. A revisão poderá dar lugar a uma descida das notações, diz a Moody's na sua nota.

 

Isto porque ainda poderá afectar a Oi o incumprimento do pagamento por parte da Rioforte do reembolso da sívida contraída pela PT de cerca de 900 milhões de euros.

 

A PT e a Oi fizeram um acordo para que essa dívida seja transferida para a empresa portuguesa, mas a transferência ainda não foi feita.

 

É que uma perda eventual resultaria na perda de liquidez por parte da Oi, o que levaria a que a Oi demorasse mais tempo a reduzir o endividamento.

 

Uma perda total do investimento "limparia" um terço do aumento de capital da Oi. Mas para diminuir a perda, a PT vai reduzir a sua participação na nova Oi. 

 

Quanto à PT International Finance, a Moody's diz o seu rating está ligado ao da Oi, até porque a dívida desta empresa está totalmente garantida pela Oi. "Não esperamos que a mudança nos termos da fusão entre a PT e a Oi afectem a garantia concedida pela Oi sobre as obrigações da PTIF. Por outro lado, a liquidez da PTIF mantém-se adequada à cobertura de necessidades de dinheiro até Dezembro de 2015, mesmo depois do incumprimento da Rioforte".

Ver comentários
Saber mais PT OI Moody's rating fusão
Outras Notícias