Fusão Zon/Optimus Já nasceu a Zon Optimus. Zopt detém 50%

Já nasceu a Zon Optimus. Zopt detém 50%

A fusão da Zon e Optimus já está registada. A nova empresa Zon Optimus já nasceu. E as transferências de 28,8% da Zon e de 81,8% da Optimus para a Zopt foram formalizadas.
Já nasceu a Zon Optimus. Zopt detém 50%
Pedro Elias/Negócios
Alexandra Machado 27 de agosto de 2013 às 18:34

A fusão foi aprovada e as duas partes que a promoveram, Sonaecom e Isabel dos Santos, não perderam tempo. Tal como o Negócios avançou, os registos foram feitos hoje, terça-feira, 27 de Agosto.

 

"A fusão assumiu a forma de fusão por incorporação total - implicando, nestes termos, a transferência global do património da Optimus, na qualidade de sociedade incorporada, para a Zon - ora Zon Optimus - na qualidade de sociedade incorporante", lê-se num dos comunicados feitos à CMVM.

 

A fusão implicará, ainda, um aumento de capital da Zon, através da emissão de mais de 206 milhões de acções que serão entregues à Sonaecom e à Zopt. Para já, a Zopt, detida em partes iguais pela Sonaecom e pela empresária angolana Isabel dos Santos, ficou com 50% da Zon, já que ficou com os 28,8% que Isabel dos santos detinha na Zon e já que a Optimus foi incorporada por aumento de capital na Zon.

 

O aumento de capital na Zopt já foi formalizado, já que a transferência de 81,8% da Optimus e de 28,8% da Zon - como noticiou o Negócios - estavam pendentes da fusão. Hoje foi concretizado, o que levou a que a Zopt passasse a ser accionista da Zon.

 

Nesta data foi ainda realizado um acordo parassocial entre a Sonaecom e as empresas de Isabel dos Santos, relativamente à Zopt. Na Zopt, a Sonaecom e Isabel dos Santos nomearão, cada, dois administradores, sendo o presidente escolhido entre esses elementos por acordo entre as partes. No acordo parassocial impede-se que as partes vendam as acções da Zopt e “obrigam-se a fazer o necessário para que a Zopt não transfira a titularidade das acções representativas do capital social da Zon Optimus de que venha a ser titular e para que sobre as mesmas não recaiam ónus, com excepção das acções que excedam a quantidade necessária para que a sua participação não se torne igual ou inferior a metade do capital e direitos de voto na Zon Optimus”.

 

As empresas só podem reforçar na Zon Optimus via Zopt. E dentro de dois anos Isabel dos Santos pode comprar metade do capital da Zon Optimus que a Sonaecom detenha. 


Entretanto, a Sonaecom transferiu dois empréstimos obrigacionistas, no valor total de 140 milhões de euros, para a Zon Optimus.


Num outro comunicado foi ainda divulgado que a Sonae exerceu o direito de compra de 20% da Sonaecom detido pela France Telecom, numa operação que tinha sido acordada em Fevereiro.


(Notícia actualizada às 18h38)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI